quinta-feira, 27 de agosto de 2009

arbutus unedo


E não é que eu bebi mesmo um café com cheirinho!
Cheirinho a medronho, diga-se. Copo fino de pé alto, café bem quente e uma medida de aguardente de medronho. No topo, pairava um castelo espumante de natas batidas, com as muralhas e as seteiras e ameias salpicadas pela canela moída no momento.
Só vos digo que espanta o frio do barlavento para bem longe; do outro lado do oceano, lá para os lados da vizinha mourama onde lhes refresca o tórrido dos dias.
Não posso jurar, mas tenho a leve impressão que ainda ouvi um chukran ecoado, ali pelas bandas do Alto Atlas.

15 comentários:

salvoconduto disse...

Pois, pois, ainda te hei-de ver beber branco por uma chávena de chá...

cristina ribeiro disse...

Aguardente de medronho, Patti! Nunca tinha bebido, e agora, quando andei por aí, provei e gostei.

mjf disse...

Olá!
Café com cheirinho..não bebi nunca...mas mousse de chocolate com " um cheirinho de wiskie" é bem bom :=))

Beijocas

Violeta disse...

Gosto muito de medronhos madurinhos. Caminhar no campo e encontrar os medronheiros carregados, depois é só saborear...

Si disse...

Ai, meu Deus, que lá fui saborear de novo os petiscos da Alzirinha!
E para a digestão, como já não havia de medronho, sorvido a goladas gulosas pela Patti, pronto, tive que recorrer à de ginja, que a minha avó fazia com primor, bem docinha e com elas!!
E agora?
Tanto trabalho pela frente e que vontade de dormir a sesta....;D

annie hall disse...

O café devia estar optimo ,mas "contado" assim ficamos todos com água no bico:)

Mike disse...

Começou a beber café com cheirinho e deu em ouvir "coisas"... isto está bonito, está, está. E depois a culpa é do vento frio do barlavento... (risos)

pedro oliveira disse...

Já há muito tempo que não ouvia falar de medronhos e respectiva aguardente.Normalmente é a primeira piela da malta jovem onde existe medronhos...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Café só com cheirinho do próprio. Em tempos ainda alinhava no "Irish Coffee", mas passou-me depressa. Agora é só café. Quente ou bem frio, tanto faz. Depende dos dias e dos apetites.

maria inês disse...

era mesmo o que eu precisava aqui e agora, para acordar!!! Olá, olá, olá!

Pitanga Doce disse...

Medronhos? A familia tem uma árvore deles lá nas terras de Viriato mas aguardente com eles? Não! Isso é só para os Lisboetas. hehehehehehehehehhehe

bacouca disse...

Patti,
Eu estou como o Carlos: alinhava pelo Irish Coffee. Agora deu-me a curiosidade de experimentar esse com medronho. Contudo julgo que dispensava as natas. O café gosto sem açucar e com um cigarro a acompanhar! É ainda a melhor combinação
Um beijinho

O2 disse...

Delicia de café! Fiquei com vontade e como aqui está frio vinha mesmo a calhar!

:)

Filoxera disse...

Qualquer assunto se transforma em prosa poética, contigo.
Parabéns pela inspiração.
Música boa onda :-)

paulofski disse...

Um cálice bem medido de medronho calhava que nem ginjas para me alegrar esta tarde que se faz fria e cinzenta.