quarta-feira, 23 de junho de 2010

metáforas

 
Livro: folhas, papel, maço, folhoso, encadernação, viagem, sonho, companhia, meditação, descoberta, desafio, encontro, luz, mundo, insónia, silêncio, recordação, gozo, obra, branco, livraria, estante, ideia, mundo, fantasia, comoção, vida, devaneio, colisão, centro, acalmia, perdição, despertar, música, fantasma, brilho, escalar, aberto, inspiração, tempo, saída, fuga, razão, provocar, memória ...

E fica assim:

Livro: Viagem folhosa; encontro de papel; maço de silêncio; vida de insónia; companhia de fuga...
 
E agora vocês...

19 comentários:

Poetic GIRL disse...

Livro: Perdição, sedução, amores clandestinos, paixão, arte, encontro, companhia, alma gémea

Patti disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patti disse...

Poetic:
Mais palavras, boa!
Mas a ideia é juntar as palavras soltas que eu dei no primeiro parágrafo, uni-las de alguma forma, criando e construindo assim, metáforas com elas.
Como por exemplo: 'encontro de papel'.

Poetic GIRL disse...

oops desculpa... troquei tudo!

Ora ai vai:

Livro: papel pincelado de memória; companhia para a vida; folhas de uma viagem pelo escalar da perdição...

Pitx disse...

(não tenho jeito para poesia)

(pelas minhas regras) livros: aquilo que eu queria ser e não tive coragem; aquilo que eu sou e ninguém sabe; aquilo que eu sou e só alguns descobrem.

(pelas tuas regras) livros: viagem silenciosa (sempre).

Si disse...

Memória encadernada de viagens comovidas, por mundos despertados em colisões da razão com o devaneio

CNS disse...

Livro: Os nossos olhos pelas mãos de outra pessoa.

pedro oliveira disse...

Livro:fuga do mundo provocando sonhos.

josé luís disse...

eu sei que não é a resposta ao desafio proposto, mas a propósito do que é um livro, não resisto a enviar este link:

http://www.youtube.com/watch?v=YhcPX1wVp38

Luísa disse...

Patti, vou pensar e já aqui volto com uma metáfora arrasadora. ;-D

paulofski disse...

E vou de encontro ao teu desafio, numa viagem fugaz pelo tempo, despertar um sonho ou devaneio, de uma inspiração perdida, dar razão a este velho livro, fantasma da estante das memórias, que em silêncio provoca a minha acalmia e recordação.

Vai e provoca-o também.

annie hall disse...

No silêncio da livraria viu com gozo , na estante ao centro , uma obra que com comoção lhe despertou recordação da viagem à volta do mundo que como um desafio e um sonho realizara depois de muita meditação sobre a vida e que lhe dera não só fantasia ,como tempo para partilhar a companhia de outros viajantes e a descoberta da acalmia que uma fuga sem razão aparente podia provocar .....

se calhar não era isto que pedia :) mas não consegui conter-me:))))

Pitanga Doce disse...

Para mim fica assim:

Mundo de fantasia, vida e devaneio, tempo de saída, recordação e gozo...

Beijos e hoje está bom tempo para ler. E mais uma combinação: chuva e frio.

fugidia disse...

Livro é viagem em silêncio, em que o desafio de descoberta de mim me desperta a comoção, o sonho, o devaneio e, por fim, a acalmia do encontro com o Outro.

(giro, este desafio)
:-)

Diana disse...

Música de estante!

Patti disse...

Diana:
Muito bem -vinda a este Ares :)

Gi disse...

Vida encadernada; companhia insone; estante de perdição ...

Rosa dos Ventos disse...

Livro= silênco de luz; mundo em aberto; memória de papel; música de perdição; estante em meditação...

Abraço

Nota: Só li a tua observação no uso das palavras...

Justine disse...

Alegria, Patti, antes de tudo o mais, alegria!E depois, viagem!
Um beijo por este post:)))