terça-feira, 29 de setembro de 2009

aqui pelo meu bairro #3


O Onofre, o padeiro cá do bairro é um bocadinho para o picuinhas, mas não deixa de ser um grandessíssimo sonso, o atrevido. Ai dona Amelinha, não se atire assim para dentro do estabelecimento e limpe os pés antes de entrar, ai dona Amelinha, vá lá trocar o baibidól por uma roupa de jeito, que isso não são modos de uma mulher séria se mostrar na padaria, ai dona Amelinha, não respire dessa forma ávida para cima do balcão que me embacia a vitrina, ai dona Amelinha, não se perfume tanto que se me enjoa a doçaria caseira, ai dona Amelinha, não esbugalhe tanto os olhos que ainda deixa cair pestanas no pão mistura e nas broas de centeio, ai dona Amelinha mainãoseioquêmainãoseiquemais.
Bom, já estão a ver onde é que isto vai dar, não estão? Eu dou mais um exemplo.
Noutro dia, encontrei-o na lavagem de carros, ele mais o seu veículo imaculado, um morris marina cor-de-laranja todo jeitoso. Bem educada como sou e com o recato que me é próprio, fui cumprimentá-lo e lá começou ele com o chorrilho de insinuações libidinosas, todo folgazão para cima de mim. Ai dona Amelinha não se chegue tanto ao pára-brisas que me borra o vidro com batom, ai dona Amelinha, não fique assim tão perto da minha cara que me perdigota as faces, ai dona Amelinha, não se enrosque na chapa que me arranha a tinta, ai dona Amelinha, tire lá a mãozinha do manípulo que me destrava a viatura.
O Onofre da padaria, tem ou não tem uma valente tara por mim?
Eu sei, sempre fui assim, tenho este efeito arrebatador nos homens.

Ass: Amelinha (o meu alter-ego)

23 comentários:

salvo disse...

É, é, não te ponha a toques, destrava-lhe a viatura e depois quero ver como a travas.

Gi disse...

Ó Amélinha é melhor começares a passar por baixo dos andaimes. Aí encontrarás verdadeiras obras de arte, daquelas obras de tarar. ;)

paulofski disse...

O Onofre picuinhas é faxabôre! Óh Amélinha, procure lá no songa-mongas onde é que ele esconde o botão ON-OFF, dá impressão que o convencido está permanentemente desligado!

fugidia disse...

«Tire lá a mãozinha do manípulo que me destrava a viatura»?!?!
Ai D. Amélinha!!!
;-)

O2 disse...

ahahaha, o que me ri com este teu texto... há padeiros que realmente tem “um certo k da kestão muito baralhadito”…, depois não contentes, meios perdidos sobre a sua tarefa neste mundo, á que direccionar as suas atenções ás D.s Amelinhas... enfim, não são maus rapazes, apenas tem falta de atenção.

:)

Esqueci-me de te dizer, n respondeste ao meu texto de Barcelona, diz lá se n gostaste da minha foto… bem, estou apaixonada por Barcelona, dá-me um desconto.

annie hall disse...

;))) O Onofre e a Amélinha , uma delicia :)

PAS[Ç]SOS disse...

Oh Amélinha, claro que tem.

... mas agora tire lá os olhos de cima do que escrevo para eu não me enganar. ... e não estou com comichão nos ombros.

Justine disse...

Hummmmmm, isto cheira-me que vai dar romance tórrido, Senhora Dona Amélinha!:))

Álex disse...

e a D. Amélinha o que vai fazer com este sonso do Onófre?...

pedro oliveira disse...

Ai Amélinha que o hoemem é praga malina.
bjs
boa semana

Rita disse...

Adoro esta D.Amélinha...(é cá das minhas)
Jokas

CPrice disse...

(gargalhada) tara? tara é pouco Dª Amelinha, ponha-se a pau que o homem tem uma verdadeira e obsidente "panca" ;)

Luísa disse...

Amelinha, os homens dos talhos costumam ser um pouco mais sanguíneos, mas, seguramente, muito menos (en)sonsos! É que as novas regras de saúde pública impedem os padeiros de abusar do «sal». ;-D

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ó Amelinha, deixa o padeiro em paz, que ele é mais pró fruta cores e o morris marina custa muito a pegar, porque já deve ter muito quilómetro em cima.

Pitanga Doce disse...

"ai dona Amélinha, tire lá a mãozinha do manípulo que me destrava a viatura".

Mas o que é isso, meu Deus? hehehehehe

APS disse...

D. Amélinha... que texto maravilhoso!

Mike disse...

Ai, Amélinha... (suspiro profundo)... a menina é um desassossego.

Filoxera disse...

Ai, Amelinha, fez-me rir...
Um beijo.

cristina ribeiro disse...

Quem assim fala não é gago :)

joana disse...

Ai D Amelia no que isso irá dar não sei não,mas tire lá a mãozinha do manipulo...
Beijinhos

BlueVelvet disse...

Não sabia que tinhas um alter ego!
E logo tão atrevidote:)

Luis Eme disse...

patty, o teu alter ego pode ser mesmo assim... mas podias mudar o nome da personagem, Amélinha não é muito "arrebatador"...

e o Onofre é uma raridade, nos dias de hoje.

bacouca disse...

Patti,
Ao menos o Onofre sabe o seu nome próprio: Amélinha! Caraças eu não sabia. Viva o Onofre!!!
Um beijinho