quarta-feira, 23 de setembro de 2009

complicadas, nós? #1


As mulheres nunca exigiram aos homens certos tipos de fidelidade.
Assim, perante uma feminina questão frontal, olhos nos olhos, sobrolho assumidamente carregado, numa postura de ameaçadora inquisição como, gostas do meu novo corte de cabelo, o top fica-me bem, estes jeans fazem-me as pernas mais altas, o cor-de-laranja do vestido realça-me o bronze, ou a questão das questões, achas que estou mais gorda, o que devem eles obrigatoriamente responder?
Queridos homens, nestas ocasiões, nunca, mas é que nunca mesmo, sejam verdadeiramente sinceros.
Lamento, não estamos de todo interessadas.

21 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Pois claro!
Quem é que está interessada na verdade?!

Abraço

fugidia disse...

Hum... eu estou (risos) ;-)

paulofski disse...

Mas se verdadeiramente gostamos dessa pessoa não ficamos cegos aos defeitos dela, seja homem ou mulher!

salvo disse...

Nunca por nunca digam a verdade a uma mulher ou acabam com a vida no inferno e vou mais longe, é melhor treinarem bem frente a um espelho, eu até cheguei a gravar os meus comentários, não vá algum pormenor atraiçoar-nos!

Eu até na comida! A minha cara metade está sempre a dizer-me: Ó home tu nunca reclamas da comida! Poi não mulher, ela está sempre tão boa, digo sempre eu com ar muito convicto...
Vale mais assim do que passar fome!

Mike disse...

Totalmente de acordo consigo, Patti! Ser-se verdadeiramente sincero com uma mulher é ser-se incompetente. A uma mulher diz-se, acima de tudo o que ela quer ouvir. E olhe que tem que se ser muito competente para saber o que uma mulher quer ouvir.

BlueVelvet disse...

Acho que não somos mesmo NADA complicadas. Sobretudo na parte do: achas que estou mais gorda?
Simples, simples, é só dizer que não.
Nem pensar.
Mas eles não aprendem.
Não somos nós que somos complicadas, são eles que são burros:)

pedro oliveira disse...

Já sabíamos,mas nunca é demais relembrar.
bjs

de dentro pra fora.... disse...

Pois eu até não estou interessada mas cá por casa a "verdade vem sempre ao de cima", diz que nunca foi de mentirinhas piedosas, eheh
Já estou acostumada,melhor assim, o espelho diz-me sempre a verdade

CPrice disse...

ahahaha ;)
Não, não estamos.
Isto se conseguirmos chegar aos olhos nos olhos, claro, claro .. ;)

Cerejinha disse...

Independentemente da resposta nunca nos vai agradar...
Se dizem que estamos bem, nós achamos que estão a mentir.
Se dizem que estamoa mal, tratamos logo de os insultar.

Vá-se lá perceber...

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Eu ia comentar, mas a Cerejinha disse exactamente o que eu penso.

PAS[Ç]SOS disse...

Pois eu, primeiro, pensei em agradecer o conselho, depois reconsiderei e pensei que a melhor estratégia é adoptar um 'nim', pois tal como refere o comentário da Cererjinha, corroborado pelo Carlos Barbosa de Oliveira, quantas vezes acontece:

Mulher pergunta: 'Levo a blusa castanha, ou a preta?'
Pensamento do homem: exercício de esforço que começa pela opinião sincera, tentativa de leitura do gosto da emissora da pergunta, acção para adivinhar a onda do dia, opor-se à resposta óbvia, pois ela será sempre contrariada... e finalmente a:
Resposta do homem: 'A preta! Ficas linda com ela!!!'
Mulher responde: 'Ah... estava mesmo a apetecer-me levar a castanha!'
Homem: ?!?!?!

Gi disse...

Simples, não!
Mas é raro eles olharem nos olhos, olham para outros atributos que lhes enchem o olho e depois o resultado é o que se vê: metem os pés pelas mãos e dizem que somos complicadas.

R.Rosmaninho disse...

Por aqui corre tudo bem. Não faltam elogios. E se por acaso, num dia menos bom, tenho a infeliz ideia de perguntar "achas que estou mais gorda?" A resposta vem sempre pronta com um "estás cada vez melhor, etc, etc, etc". É esperto. E é se quer!...

Dulce Braga disse...

E teria graça se fosse diferente. A improbabilidade do acerto e o mistério da reação faz com que sejamos diferentes do amigOOO...simplesmente fêmeas!:))

Luísa disse...

Patti, mas este seu conselho é a negação da grande e nunca questionada tese de que «o amor é cego». Eu recomendaria sempre a maior sinceridade em caso de amor sincero. ;-D
P.S.: No fundo, Patti, o que queremos é ler o amor naqueles olhos cegos. A sinceridade sobre o resto não tem importância nenhuma.

cristina ribeiro disse...

Verdade, verdadinha? Tornei-me tão céptica...; porque será? :)

Mike disse...

ah ah ah... "naqueles olhos cegos", diz a Luísa... (muitos risos)

Turmalina disse...

Adorei os comentários acima...penso que se conseguires um homem que te olhe nos olhos, que perceba o novo corte de cabelo, o top novo, os jeans, o vestido cor-de-laranja que realça-lhe o bronze...acorde, é um sonho!!!!!

O2 disse...

:)

bacouca disse...

Patti,
É quando pergunto é porque estou interessada o que raramente acontece! Sinto-me bem e pronto! Agora se oiço um "piropo" aí sim interessa-me bastante!
Um beijinho