quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

ares da minha graça II


E vão dois anos de Ares da Minha Graça. Num instante.
O tempo a fazer das dele, usando um relógio muito mais rápido do que o meu; ou com mais ponteiros...

Mais um ano de muito escrevinhar. Ensaios centrados num registo mais próximo de mim. E assim nasceram as personagens reais que se cruzam comigo na rua, no supermercado, na praia, na esplanada, no consultório, com vidas fantasiadas que lhes crio no papel; a utopia de biografias que me surgem ao observar uma imagem; um confessionário sem genuflexório ou contrições, mas vital e professor depois dos quarenta; três parcerias-Amigas que me preenchem folhas e folhas a letra miúda, me dão um sincero prazer e que espero corresponder de todas as vezes, sobretudo aos meus três cúmplices; um alter-ego surpreendente, onde carrego baterias, onde me farto de rir com o incauto, me comovo com a genuinidade de pessoas assim, dando-me de texto em texto a absoluta convicção, de que um dia vou encontrá-la, a ela, a minha Amelinha, numa rua da Graça, Patti, sou eu filha! A tua Amelinha, já não me conheces rapariga?
Mais um ano de muitas e distintas leituras, visitas fiéis, amigos, companheiros, presenças, comentários cá e lá, encontros além-fronteiras e sem muros, novos e velhos vizinhos de um blogobairro que um dia imaginei.
Mais uma ano sob a descoberta lenta e comedida, de que a escrita não pode ser só o alinhamento de palavras que se ajeitam entre elas, de uma forma que ninguém se tinha ainda lembrado de as colocar. Será mais. Será talvez, tudo o resto que falta. De que ainda pouco sei. Muito além do que trazemos no pensamento. É físico, corpóreo, terreno e no final, paradoxalmente diáfano. Com cheiro, textura, colírio para os olhos. E que se escuta.
Aquela ideia constante de que o que se escreve, só está verdadeiramente escrito e concluído, depois de ser lido pelos outros.
A mim basta-me um lápis.

35 comentários:

josé luís disse...

a mim também.
obrigado pelo colírio.
... e parabéns!

salvoconduto disse...

Eita! Parabéns!

Basta-te um lápis? Vou-te oferecer uma aguçadeira!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Passo de corrida já a madrugada se espreguiça, para lhe deixar um beijinho de parabéns.
Quando há quase dois anos nos encontrámos, estava longe de imaginar que o nosso encontro iria redundar numa parceria, de cujo prazer também comungo.
Mais logo prestar-lhe-ei a devida homenagem no meu Rochedo, mas por agora tenho de ir ali trocar dois dedos de conversa com a Amelinha, que encontrei ali na florista. Estava a encomendar umas flores que lhe quer oferecer, como forma de agradecimento por lhe ter dado vida.
Vou voltar, quanto mais não seja, para apagar as velas do bolo. Sim, que lá por estar de privações, não julgue que se escapa...

mjf disse...

Olá!
É sempre um prazer ler-te!!!!
Parabéns :=))

Beijocas

Violeta disse...

Parabéns, Patti
e venham mais lápis!

Pitanga Doce disse...

E é tão bom saber que também faço parte desse teu universo! Que tenho livre entrada, que posso atravessar o mar e vir aqui me deliciar com os teus personagens ou "vírus" ou aquilo que o teu lápis resolver "escrivinhar".

Olha, quando estive aí no ano passado fiquei algum tempo no Vasco da Gama à espera de uma amiga e procurei nos rostos alguém que se parecesse com a Amelinha, mas não encontrei. Quem sabe da próxima vez?

Beijos Patti e gosto deste teu varal com pregadeiras coloridas.

Mila

pedro oliveira disse...

Então parabéns à nossa PresidentA do blogobairro pelo 2º aniversário do "ares".
E venham daí mais lápis!

Laura disse...

Querida Patti,

Ainda bem que um certo dia alguém deixou no meu blog um rasto para que eu pudesse descobrir-te.
Desde esse dia que volto frequentemente e por aqui me deixo ficar, a degustar as palavras e as situações tão familiares, os cheiros e os rostos que já quase adivinho.
As palavras criam laços, dão nós, e no teu caso fizeram com que eu tenha, desde esse dia, um lugar cativo nesta plateia onde me sento e me sabe bem ficar.
Dexo-te um abraço apertado e um beijo de admiração e prometo vir sempre, porque me faz bem e porque este ar da tua graça me faz, muitas vezes, ficar feliz.

Laura

Si disse...

Parabéns, Patti.
Ver este projecto crescer, vê-lo a amadurecer, a evoluir, tem sido um gosto.
Fazer parte dele, através das parcerias, um privilégio.
Porque as 'Parasimpattias', em particular, não são apenas um nome giro, são aquilo que tem acontecido entre duas pessoas que nunca na vida se encontraram ou se viram, mas que partilham princípios, opiniões, sensibilidades e pensamentos, quantas vezes tão coincidentes em textos individuais, que até parecem combinados.
E este é o grande mistério e a grande virtude que a escrita pode ter, quando, através das palavras, aproxima gente tão diferente e tão igual.
Beijinhos, Patti e tchin-tchin!!

CNS disse...

O olhar dos outros sobre o que se escreve é o ponto final necessário.

Parabéns pelos dois anos do ares da minha graça. E pelos pontos finais que nos permite aqui deixar.

um abraço

Pitanga Doce disse...

Agora voltei só para ouvir a música que é linda. É para começar bem o dia. O balanço é delicioso.

Obrigada Patti.

fugidia disse...

Parabéns!; mais do que pelo aniversário, pelo alinhamento das palavras deste (e de outros, mas particularmente deste) post.
Gostei, gosto e creio que gostarei sempre de a ir conhecendo, Patti.
Beijinho

BlueVelvet disse...

Antes de mais, um aniversário é um aniversário e portanto Parabéns.
É sempre com um imenso prazer, antecipado naqueles momentos que o Pc leva a abrir, imaginando o que vou encontrar.
E tantas coisas que encontro em comum, umas, outras que me surpreendem, me fazem rir ou meditar ou pensar: Gostava de ter escrito isto.
Que se repitam por muitos mais, para teu prazer de escrever e prazer de quem te lê.
Obrigada, além disso, pela vizinha prestável que és.
Beijinhos

Dulce disse...

Patti
Nem faz tanto tempo que frequento este seu espaço, mas encantada fiquei desde a primeira visita, com a apresentação, com o bom gosto em cada canto, com a escrita clara, delicada, envolvente. E feliz fiquei ao ser aceita como habitante do blogobairro, um lugar muito especial povoado por amigos especiais, ainda sem saber ao certo se seria eu merecedora dessa honra.
Hoje vejo este espaço completar mais um ano de linda e produtiva vida e não poderia deixar de vir trazer-lhe meu abraço amigo e meus parabéns pela data, desejando que o sucesso continue sempre, para alegria nossa.
Parabéns, Patti, a vocè e ao Ares.
Beijos

ana v. disse...

Muitos parabéns, querida Patti. Ares com muita qualidade, os que se respiram por aqui. E ainda por cima com graça, o que é ainda melhor! Que venham mais dois anos, e mais dois, e mais dois. Muitos posts de vida.
Um beijo
Ana

Marta disse...

Muitos PARABÉNS Patti!

é difícil manter um blog mas tens conseguido! com textos e imagens absolutamente deliciosos :)


obrigada.

Turmalina disse...

Parabéns!!!!!!
E um abraço do tamanho desses mares que nos separam :o)

Lídia Borges disse...

Pois que esse lápis se mantenha bem afiado, para a produção de outros belos textos como os que já se concluíram por aqui.

Parabéns!

Um beijo

CPrice disse...

Parabéns Patti :) não é certamente fácil escrever sempre e escrever bem *

Beijinho*

paulofski disse...

Muitos e muitos parabéns ao Ares da Sua Graça, querida Patti, a este recanto fresco onde se respira tranquilidade, onde bem se está a admirar todo o bairro por nós visitado, que dia-a-dia nos encanta em palavras, imagens e sons. A ti dedico este post.

Luísa disse...

Muitos parabéns, Patti. E muitos anos de blogue. Fazem-nos falta estes «ares» limpos, graciosos e bem oxigenados. :-)

bacouca disse...

Patti,
Muitos parabêns a nós todos que aqui veem por existir o Ares. A si um muito obrigado por partilhar com sentido de observação, com humor, a realidade de todo esse mundo que a rodeia e que também faz parte de nós.
Beijo

cristina ribeiro disse...

Parabéns, Patti , e que a graça dos seus ares continuem a purificar o bairro por si imaginado.

Mike disse...

Dois belíssimos anos de bons ares, presidentA. Parabéns, Patti.

cristal disse...

Muitos parabéns e faça o favor de continuar sempre. Que eu, apesar de nem sempre deixar "rasto" sou visitante assídua. Abraço

ematejoca disse...

Então parabéns à Patti pelo 2º aniversário do "ares".
O Hemingway também escrevia com um lápis num simples caderno escolar, portanto estás em boa companhia.
Continua como até agora para a alegria cá do bairro, que eu apesar de um pouco afastada, estou sempre presente para ler as tuas excelentes crónicas.
Mil abraços de Düsseldorf!

Teresa Fidalgo disse...

Sou novata nas visitas a este blog... descobri-o por acaso, mas logo me encantou...
Gosto da maneira como escreve, e /ou principalmente do que diz. É uma óptima contadora de histórias. Parabéns!

Espero que o lápis continue a escrevinhar muitos ares da sua graça.

Pitanga Doce disse...

Tens resposta na Dulce.

boa noite e fuui!

Reflexos disse...

Parabéns Patti, parabéns Ares e obrigada aos dois por existirem... e Patti come lá uma fatia de bolinho... nós fechamos os olhos...

APS disse...

Cara Patti

Por fim dou sinal de vida!

Que tenha um bom ANO e parabéns pelo 2º aniversário do seu muito querido «ARES».

Cada vez me surpreende mais com a sua escrita.

Um abraço
APS

Fatima disse...

Chamem-lhe ARES DA MINHA GRAÇA
chamem-lhe escrever com qualidade
o que eu acho é que a Patti,
está a melhorar com a idade....

Parabéns

Justine disse...

Patti, parabéns pelo aniversário, mas principalmente parabéns pelo modo luminoso como comunicas comigo e obrigada pelo modo como me contas o que eu gostaria de contar, como me ofereces a tua Graça que é também a minha, como contribuis para que a blogosfera seja um bairro bonito e digno de ser habitado.
Beijo

Gi disse...

Parabéns aos Ares da Minha Graça que nos deu a ambas a oportunidade de nos termos tornado amigas.

Conhecemos também uma Amelinha que era todo o nosso stress. :D

Patti disse...

Vizinhaça:
Muito obrigada pelas vossas visitas e palavras migas.
Agora venha o terceiro ano, se possível, ainda melhor para todos.

Rosa dos Ventos disse...

Embora com atraso aqui deixo os meus parabéns!

Abraço