sábado, 8 de março de 2008

tenho arrumada a questão


Este dia é questionável para muito(a)s.

Mas não devia.

Não se trata só de direitos das mulheres, mas sim de direitos humanos.

Sempre que existirem mulheres com salários inferiores aos dos homens, fazendo o mesmíssimo trabalho;

Sempre que mulheres medíocres, não exercerem cargos de chefia, da mesma maneira que os homens medíocres também os exercem;

Sempre que forem registadas milhares de queixas por ano na polícia, de agressões físicas e violência doméstica, contra as mulheres.

Sempre que algumas dessas mulheres morrerem na mão dos seus agressores.

Sempre que o direito ao voto, ao divórcio, à liberdade de expressão, à liberdade sexual, ao trabalho, ao livre arbítrio, não existir em muitos países;

Sempre que isso acontecer, este dia não devia ser questionado.

Não quero festas na cabeça.

Não quero jantarzinhos à luz da vela.

Não quero rosas pindéricas.

Não quero caixas de bombons.

E não quero cartões postais ridículos.

O que eu quero é que este dia exista, para que a minha filha um dia não se depare com isto,



com isto,


com isto


e com isto


As imagens que escolhi, são apesar de tudo, lindas. Mas será que conseguimos ver essa beleza? Duvido.

9 comentários:

universodesconexo disse...

E estamos juntas nessa luta amiga ! Por um futuro melhor para nossas filhas. E que elas nao tenham que viver com a metade dos problemas que vivemos hoje em dia, da mesma forma que nos ja nao temos que viver com a metade dos problemas que nossas antepassadas viviam !

Eh a evolucao do feminismo e temos que fazer parte dessa historia !

Muitos beijos,
Lys

Ev@ disse...

Neste dia pretende-se chamar a atenção para o papel e a dignidade da mulher e levar a uma tomada de consciência do valor da pessoa, perceber o seu papel na sociedade, contestar e rever preconceitos e limitações que vêm sendo impostos à mulher. Acredito que estamos no bom caminho.

Bjs
Eva

mãe global disse...

Patti,
É isso aí... eu tenho 2 filhas ainda pequenas e espero, acredito, que elas vão ter mais consciência do que é ser uma mulher e lutar pelos direitos delas. Lindo post, a música é mais que apropriada para este dia.
Beijos,
Rosana

chicoelho disse...

Ola Patti

Tambem tenho 3 filhas e uma neta,gostaria para elas um mundo com mais justiça e menos violencia contra as mulheres.

Bjs

nina disse...

Bonito, mt bonito post. E como muitos disseram, devemos sempre, pelo bem de nossas filhas (os) lembrar de darmos bons exemplos, sempre a cada dia, já que muitas formas de opressão começam em casa.
Um abraco e parabéns pela sensibilidade com o que escreveu.

M&M disse...

para começar gostei muito da banda sonora. muiiiiiito meixmo.
depois gostei bastante das fotografias que escolheste.
e depois, claro, das tuas palavras tão sentidas, tão verdadeiras.
that´s the way girl : )
bjs.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Como é que eu ainda não tinha descoberto este blog? Adorei este post e a Patti percebe porquê.

LeniB disse...

A mulher é, sem dúvida, um elemento fundamental numa sociedade ainda em construção.
Acredito, contudo, que a valorização e a dignificação da mulher começa dentro da sua própria casa.

Scliar disse...

Sim, sim. Batalhar. Comemorar o que ja conquistamos. Abrir os olhos pelos longos caminhos a percorrer. Tambem fico em duvida com as imagens lindas que acabam talvez, fazendo a estetica da morte e do horror. emocionam, no entanto. Mobilizam? Espero que sim! Gostei demais do seu post. Bom domingo!