quarta-feira, 26 de março de 2008

[2] mais uma manhã como as outras (?)


Ao cimo da subida, uma velhinha de muletas com um cabaz na cabeça. Fico logo alerta. Paro o carro ao lado dela.

Quer que a leve a algum lado?

Oh minha senhora, vou p’ráli, p’rás bandas do chafariz.

Então entre lá que eu levo-a.

A senhora movia-se com dificuldade. Eram as muletas, o cabaz, a falta de prática de se meter dentro de um carro, os agradecimentos em catadupa, a porta que se esqueceu de fechar, o cinto que não sabia colocar … Enfim, uns bons 3 ou 4 minutos até arrancarmos. Uma fila imensa atrás de mim. Ninguém apitou. Todos esperaram pacientemente.

Em silêncio? Sim senhora.

E levei-a ao tal do chafariz e ainda hoje deve lá estar a agradecer-me e a dizer adeus. Linda, aquela velhinha.

5 comentários:

O Pinoka disse...

Linda, a tua acção.
Bjs

claudia disse...

...e tu também por a teres ajudado!
bjos

LeniB disse...

Tiveste mais sorte do que eu. Há já algum tempo ajudei uma velhinha a atravessar na passadeira e o que ouvi foram pneus a chiar e uma tremenda buzinadela.

de dentro pra fora.... disse...

Uma manhã como as outras?...
não para aquela senhora...tenho a certeza que não...
é bom fazermos a diferença, nem que seja numa manhã como as outras..

susana catarino disse...

e sabe sempre bem ajudar alguem:)