quarta-feira, 4 de março de 2009

de comer com os olhos


Há momentos em que pura e simplesmente estaco. Literalmente.
Arregalo os olhos e esfrego as mãos.
Nunca sei por onde começar e muito menos terminar.
Na distância entre o corante e o conservante, tudo me pertence.

E vocês? Não resistem a quê?

35 comentários:

salvoconduto disse...

Confesso que sou mais olhos que barriga.

Pitanga Doce disse...

A um bolo de chocolate. Aliás estou doida para povar o tal "O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo" que vocês têm aí.

beijos e boa noite

pedro oliveira disse...

Logo de manhã falar no que eu não resisto em termos gastronómicos não é fácil,mas um bom cozido, com um bom tinto, um pão de ló húmido, no final um café daqueles e uma boa aguardente velha...
tá feito

Sónia disse...

às vezes somos mesmo isso: mais olhos que barriga. E nem sempre a barriguinha fica muito consolada.

Pitx disse...

- couratos (fora de brincadeira)
(hei-de escrever sobre isto. imagina que cheguei a ter um rol mental, com uma classificação dos melhores campos de futebol no que respeita a fornecimento de sandes de couratos)

- leitão (não sou esquisito: negrais, miranda do corvo, mealhada...)

- bounty

- sapateira

- percebes

- caracóis

- brigadeiros da extinta avalanche (av. roma)

- chocolate quente da surf (av. manuel da maia)

-croissants do rialva (av. dq. de ávila)

- as bifanas da extinta roulotte do valdemar (cp. pequeno)

- peixe espada grelhado

- e uma marquise que comi noutro dia em casa da minha prima e que ela disse que veio do corte inglés e com caraças eu estou farto de andar pelas prateleiras dos frios, frescos e congelados e não há maneira de ver o raio da marquise e procurei nos caixilhos e laminados não fosse a marquise vir de lá e fui a lojas gourmet não fosse aquilo vir lá da conta premium e eu fiquei doido também porque fui parvo o suficiente porque não levei o raio duma caixinha plástica ou quem sabe meia arca frigorífica para trazer o resto do raio da marquise e mais algumas que ela podesse ter escondida ou reservada para outros jantares que eu sei que elea é uma gaja bacana mas fina até ao tutano e eu sei que o meu primo que é médico e também finérrimo mas não deixa de ser também boa gente caraças e o raio da marquise era mesmo boa e eu sou mesmo mesmo estúpido e é hoje que eu lhe vou mandar um mail a dizer «ó teresa, estou farto de andar a masturbar-me papilogustativamente falando porra, onde raio compraste tu a marquise?» e mesmo que ela me diga que foi no corte inglés eu atiro-lhe logo à cara «mas em que prateleira, porra?» e sou gajo, juro que sou, para lhe furar um pneu deixando-lhe uma sovela maior que o buraco financeiro... do mundo!

once disse...

à delicadeza .. :)

Luz disse...

Patti
Não resisto ao belo, a gentileza e ao amor!
Beijocas
Lucia

Si disse...

Não resisto a uma boa fotografia e ao que ela me faz imaginar escrever a partir daí.

Patti disse...

Pitx:
Este comment é tal e qual um post dos teus!
E vê lá tu se tivesses comido um são marcos; às tantas tinhas ido parar a Veneza.

Once e Luz:
Estão em sintonia.

Pitx disse...

e não é que mandei o mail à prima.

e não é que afinal aquilo não vem nada dos espanhóis?

e não é que afinal aquilo vem mas é duma coisa chamada são bernardo que fica ali para os lados da junqueira.

e não é que ela até disse que se deve pedir "aquela que tem amendoim torrado para colocar por cima"?

e não é que eu estou esganadíssimo para me pôr na alheta e ir lá buscar, sei lá, um marquisão?

e não é que vocês não estão a ver nada. aquilo é uma marquise que trata deus por tu, caraças!

Patti disse...

Pitx:
Esta São Bernardo?

inês disse...

Não resisto, a batatas fritas "titi"!
Não resisto a uma piada sarcástica, quando estão mesmo a pedi-la!
Não resisto, a uma maldade mais tarde ou mais cedo (a quem me as fez)
Não resisto a um sorriso, um bom dia, um carinho!

Pitx disse...

essa mesmo.

Cerejinha disse...

Não resisto a tanta coisa... sou uma perdida :-)
- a cerejas no Verão e a bolo de chocolate no Inverno
- a pão acabado de sair do forno barrado com manteiga
- a uma boa fotografia
- a um sorriso rasgado - daqueles que crescem no rosto acompanhando o olhar reflectindo felicidade
- a bouquets de margaridas
- a um tecido especial que transformo noutra coisa qualquer



...olha,sabes que mais? podia ficar aqui o dia todo! :-)*

Rosa dos Ventos disse...

A chocolates, a uma boa música, como a que ouço em fundo, Sinatra provavelmente,a passeios sem destino, and so on...

Abraço

Gi disse...

Não resisto à comida feita pela minha Mãe.

once disse...

ah .. Patti era gastronomicamente falando? (risos) ;) .. ok: não resisto às torradas aparadas com manteiga e ao leite com café, bem quente, aos doces conventuais e à francesinhas do Porto! e a tanto mais .. :)

Nina disse...

aaahhh eu nao resisto a algo mt simples, café com leite e pão doce... hmmmmm troco mts coisas maravilhosas por essa duplinha irresistível :)

paulofski disse...

O cheirinho doce e aromático da cozinha da minha mãe é irresistível, principalmente a tarte de natas e bolo de chocolate e pimenta, hummmm...

Rita disse...

Não resisto a chocolate, queijo e marisco mas sou tão boa boca que se não houver disto marcha outra coisa qualquer. Em relação às outras coisas que não são de comer, não resisto a uma boa gargalhada, a um abraço e beijos...
Jokas

Teresa Durães disse...

hum... a chocolate (há dias que resisto), esparregado, pão quente com manteiga!

Pitanga Doce disse...

Ai eu vinha aqui só fazer uma pergunta mas já vou embora. Ouvir essas pessoas a falarem da comidinha gostosa da mãe! A minha não sabe fritar um ovo!!!! Quem cozinhava, e bem, lá em casa era a avó.


Mas para não perder a viagem, que venho de longe, já ouviste falar no tal bolo que eu referi?

Patti disse...

Pitanga:
Claro que ouvi, é no Bairro de Campo de Ourique, em Lisboa.

inês disse...

Hoje não resisti a uma embalagem de "Maltese"!

(agora, o corpinho é que está a pagar!)

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Salvo raríssimas excepções, os doces não me põem a salivar, mas o arroz de cabidela, ou os rojões à minhota feitos pela minha Maria são uma perdição!
PS:É da minha vista, ou falta aí o chazinho?

claudia disse...

... E CHORAR POR MAIS!!!

Patti disse...

Carlos:
Não há cá cházinhos coisa nenhuma, que o senhor anda muito mal comportado! E se não gosta de doces, quer o cházinho para os rojões ou para a cabidela? Onde já se viu?

Manias esquisitas de gente visigóda, claro está!

cristina ribeiro disse...

Tanta coisa: como o Carlos, a uns saborosos rojões à maneira; à lampreia à bordalesa ... :)

Precis Almana disse...

Chocolate. Mas resisto. E como gelados com o dito em alternativa, porque sempre são menos calóricos... ;-)
E bolachas dessas que aí tens também.
Ai, o doce é tão bom!
Mas também bacalhau à brás, batatas fritas e croquetes. Há pancas para tudo :-O

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O chazinho (sem açúcar) era a única bebida que me levaria a comer um desse biscoitecos com tanta manteiga, que até o cheiro chega aqui ao Rochedo!
Pronto, mas fique aí quietinha e livre-se de voltar a passar pelo gabinete do Paulo hoje...
PS: Sabe que não gosto de lampreia, Cristina? Ninguém é perfeito, eu sei...

Marquita disse...

O quê? Para se ser perfeito é necessário gostar de lampreia?
Ahhh, que se dane a perfeição!

annie hall disse...

Souflé de queijo ou de camarão :)

Patti disse...

Marquita:
Bem vinda ao Ares!

Tite disse...

Oh Minha amiga,
Eu tenho que resistir muito e muito mesmo a... frutos secos (amendoim, noz, caju, avelã, amendoa) e bem crocantes.
A única maneira de não cair em tentação é não ter nenhuns em casa.

claudia disse...

...ao meu café da manha... ( Nespresso - what else???? )