quarta-feira, 8 de abril de 2009

leite derramado

foto Babá, livraria da travessa-leblon

Mal li a notícia, de que este senhor ia lançar o seu último livro, "Leite Derramado", em todo o Brasil no dia 28 de Março, fiquei em pulgas. Eu já tinha adorado ler "Budapeste", ouvir aqui.
E em Portugal, quando será editado? Ah, talvez no fim do ano. Credo, mas ainda faltam nove meses, isso é quase uma gravidez!
É que o Chico, não tem só uma voz maravilhosa, não tem só um timbre de fazer estremecer as pedras do calçadão, não escreve só letras de sonho, não compõe só músicas eternas, não é só dono de uns olhos sem definição de azul. Não.
O Chico escreve, canta e compõe, com uma delicadeza e com uma sensibilidade sobre nós mulheres, que não é para qualquer um.
E o mulherio apaixona-se, o que é bastante compreensível.
Eis que, no meio da minha angústia sem tamanho, a minha querida sobrinha Babá, me comunica que vai de férias para o Rio, com regresso a Portugal dois dias depois do lançamento do livro nas livrarias.

sobre o livro, aqui

E cá está ele vizinhança, ainda por ler mas já folheado e cheirado e manuseado e assinado. E meuzinho e tudo.
Pronto vá lá, eu sou simpática e até vos dou a ouvir um bocadinho do meu Chico, lendo as preliminares do "Leite Derramado", aqui.

E você Nina e você Luz, já têm? E tu, já o compraste Pitanga?

31 comentários:

BlueVelvet disse...

Também adorei Budapeste.
Vou ligar para um amigo e pedir que me mande o leite, de preferência sem derramar na viagem.
Obrigada pela dica.
Não sabia do novo livro.

Luz disse...

Patti

Meu "Leite Derramado" já está a caminho.
Chico é sensacional.
Não sou das que suspiram pela sua beleza. Talvez porque ele já " seja todinho" de uma irmã mais velha....E há que se respeitar os amores em família, não?
Beijo

salvoconduto disse...

Ganda malandro, mas prefiro ouvi-lo cantar. Já imaginaste quão diferentes seriam os livros se lidos pelos respectivos autores? Nesse aspecto sou muito conservador, nada de audio-livros. Prefiro lê-los eu mesmo, euzinho.

PAS[Ç]SOS disse...

Aceito que as palavras do Chico toquem de forma especial os corações femininos, mas a sua arte não é só admirada por vós. Lembro, sem grande precisão, um artigo do Mega Ferreira em que revelava a sua inveja pela(s) capacidade(s) do autor e/ou intérpretes de obras como "Valsinha", "Cálice", "Com Açúcar, Com Afeto", "A minha história", ou o seu "Olhos nos Olhos",… que aos sessenta e… ainda joga futebol com a jovialidade dum homem de trinta. Também, eu, enquanto homem, sou um admirador de Chico Buarque. Também li "Budapeste" e fiquei fascinado pela catadupa de palavras cuja imensidão, quanto a mim, se contrapõe à doçura ritmada e melada das suas canções. "Budapeste" é como o tráfego correndo numa grande metrópole em hora de ponta. Pelo que me apercebi, no trecho lido por Chico Buarque, "Leite Derramado" mantém essa característica. Fico, pois, na expectativa da chegada a Portugal da edição do novo livro deste ‘sessentão’ que não cativa só o coração das mulheres, mas a sensibilidade dos homens também. Haja Chico para durar!

Vekiki disse...

Também tenho os outros dois livros deste Senhor - Estorvo e Budapeste. Fico à espera que o Leite se derrame por cá...ou talvez o faça vir se não conseguir resistir...
Boa leitura ;)

Patti disse...

Passos:
Olá e muito bem-vindo aqui aos Ares. Gostei muito da sua forma de falar sobre o Chico.

Gi disse...

Achas que eu devo chorar sobre o leite derramado que só vou poder limpar daqui a 9 meses?

1/4 de Fada disse...

Do TEU Chico? Mas o que vem a ser isto, mulher? Então e eu? Vá lá, NOSSO, pronto...
Boas notícias me trazes, não sei se esta gravidez se aguentará até ao fim... nove meses é muito tempo para esperar por palavras tão apetecidas.

Marta disse...

O "meu Chico Derramado", chega em Maio :)!

De resto, Patti, creio que não há muitos homens escritores que entrem no universo femininino "facilmente"! E quando digo facilmente, quero dizer ,também, com conhecimento genuíno! Autêntico! Não sei se me faço entender! [Que hoje estou meia tatabitata!] Mas, por exemplo, António Alçada Baptista. Ele sabia do que falava, quando falava Mulher!
Chico é um desses casos raros.
Sem metáforas forçadas, sem rodeios. Tudo flui. Como uma dança, onde não é necessário decorar os passos ou pensar...que no caso, é a mesma coisa!

Ba disse...

Que sorte que tu tens em ter uma sobrinha mesmo querida chamada babá! :P

Patti disse...

Vizinhança:
A minha Babá, é esta aqui por cima!

Si disse...

Não pude ouvir os links, e não li nenhum dos livros dele.
Mas Chico Buarque sempre foi e será, um dos meus ícones da música, que não tem amarras, que é universal, com a vantagem adicional de, no seu português, poder conjugar à vontade o 'verbo' saudade...
Se ele escrever livros como canta seus poemas, já gosto dele, mesmo sem ter lido....

P.S. - 'omni soit qui mal y pense', mas, ó sra. presidentA, aqui pra nós que ninguém nos ouve, os diamantezinhos já foram desviados para o Brasil, foi????? rsrsr

Patti disse...

Si:
Ainda não os recebeu? Na bolsa de dentro da Birkin, já viu bem? A Blue já fez os brincos dela...

Si disse...

Pois sim!
Qual bolsa??
Qual Birkin??
Nem uma nem outra, nem outros!
E olhe que à Velvet também não chegaram, ainda ontem me dizia que os íamos receber dentro de um ovo de páscoa....

Pitanga Doce disse...

Patti, minha lindinha, há tempos que não "atravesso" a Travessa do Leblon e nem vou à minha Saraiva.
Acho até que foi aqui o primeiro lugar que vi divulgado mais um livro de Chico.

Ouvi "os olhos azuis" (também temos os nossos) a ler o livro. Tenho que ouvir outra vez porque da primeira fiquei a vê-lo com a sua voz ao fundo, não pela beleza mas pelas recordações da adolescência e de quando suas músicas eram proibidas pela Censura. Há tempos Chico não compõe, e nem precisa. Deixou um legado de "poesias cantadas" que resistirá ao tempo. Hoje as deixa em livros em forma de prosa.

Desculpa se (mais uma vez) fugi ao tema, mas as letras de Chico são recados. Esta que deixaste aqui Olhos nos Olhos, não há nem o que dizer, mas ainda bem que não puseste Valsinha!!

E já agora gostava de saber se o livro já vem com a nova ortografia. É que a Língua Portuguesa está na família. Aqui, Aurélio (Buarque de Hollanda) passou a ser sinônimo de dicionário. Qualquer dúvida, e alguém diz: "procura no Aurélio"!

beijos, Patti, e bom dia!

Patti disse...

Pitanga:
Diz que ele faz a decantação do 'eu' feminino.
Este livro já obedece ao acordo ortográfico, que entrou em vigo no Brasil em 2009.
Estive a ouvi-lo agora a ler um pedaço do "Budapeste", que espectáculo!
O Brasil, apesar da sua pobreza e de tantos outros terríveis problemas, tem uma coisa que nós não conseguimos; ama muito os seus 'artistas' e cuida deles...

Beijinhos de Lisboa, que está com um céu também de um azul sem definição.

Pitanga Doce disse...

Patti, por aqui desde que escrevi meu texto o céu já se foi azul, meio cinza, muito cinza e choveu e ficou azul! Com que roupa eu vou?? hehehe

Quanto aos artistas brasileiros, Chico é um "animal em extinção" se me permite o termo. O que vem agora nem merece comentários. O que conta é vender, e lançam um disco a cada tres meses e falam um "dialeto" desconhecido aos bons ouvidos.

Quanto ao Acordo Ortográfico em vigor ainda não é totalmente obrigatório nas escolas, e as Editoras têm um prazo para se adaptarem. Mas é claro que Chico sairia à frente.

bejinhos e...

"Olhos nos olhos,
quero ver o que você diz
quero ver como suporta
Me ver tão feliz!"

Ah, Chico!

cristina ribeiro disse...

Com autógrafo e tudo? Mas isso é muita coisa boa ao mesmo tempo :)

Patti disse...

Cristina:
Era bom era, mas não, não está autografado, apenas assinado por mim, como faço com todos os meus livros. :)

O2 disse...

Agora que falas nisso lembrei-me de uma conversa que tive ha bem pouco tempo com uma amiga sobre o assunto.... Eu sou daquelas que tenho realmente pena que haja tão pouca oferta de literatura brasileira em Portugal... quem sabe o vento comece a mudar!

:)

Bjokas

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Gostei de "Budapeste", mas prefiro o Chico cantor. Quanto a audio-livros, sou muito careta. Para mim, um livro é para ler, não para ouvir.
Pronto, agora resta-me desejar-lhe boa estadia por Lagos ( como é qe eu sei, como é que eu sei?) e esperar que antes de partir não me afife com outra multa, porque já não tenho guito para pagar. E não venha lá com ideias de me mandar recorrer ao crédito bancário, porque não gosto de me endividar.
Feliz Páscoa

paulofski disse...

Li por aí que 'Leite Derramado' não é tão bom quanto 'Budapeste', mas é interessante e muito bem escrito. Parece que Chico Buarque virou um mestre na arte de derramar histórias no papel, com um estilo próprio, bastante maduro e característico, que ganhou forma em 'Budapeste’ e se consolidou neste livro.

Nota: Não li nenhum dos seus livros.

mdsol disse...

Nem me fale do Chico ... Que me desmaio já aqui! No Chico tudo é liiiiindooooo!
Sortudaaa ter já o livro!

:)))

Ada disse...

Primeiro quero dizer que você está entre os blogs que mais gosto, e ssou seguidora, muito bom vir aqui. Segundo, que poderia te mandar o livro via sedex 10 e chegaria no dia seguinte, mas vi que és sortuda e persistente... mesmo sem alguém no Brasil, darias um jeito! Terceiro, que concordo contigo em gênero, número e grau com relação a Chico... tenho muito orgulho dele ser brasileiro. Um beijo a você, de São Paulo, Brasil.

cristina ribeiro disse...

Boa Páscoa, também para a Patti!

Ada disse...

Ah! Qual o segredinho de fazer tocar a musica ao abrir a postagem? E quando postares outro assunto a muscia continuará tocando? Beijos

Patti disse...

Ada:
Obrigada pelas palavras e quanto à música, quando seleccionar a que gostar tem de clicar na opção 'auto play', para ela sair logo cantando na abertura do blog, seja qual for o post.
O site é: http://www.imeem.com

Leonor disse...

Acho indecente, indecente INDECENTE!!!!! Anda aqui uma pessoa a salivar pelo livrinho e chega aqui e é isto... ;-)

mariam disse...

ainda não tenho... mas terei! gosto muito do 'Chico' canta-autor ainda estou a aprender a gostar do 'Chico' escritor ...

um abraço

Filoxera disse...

Hmmm, só de pensar já dá vontade de ir a correr comprar.
Boa leitura!

leticia disse...

olaaa, moro no Brasil, se quizer posso enviar o livro por sedex..mando sem problemas, afinal chico e imperdivel.