sexta-feira, 13 de junho de 2008

ainda não falei do euro


Às vezes gostava de ter nascido acéfala, libelinha ou girassol. Assim, não precisava de pensar no que se passa à minha volta.

Os bombeiros sem combustível, comida estragada para o lixo, prateleiras de supermercados vazias, bombas de gasolina secas, milhões de euros perdidos em contratos por cumprir, com outros países da Europa, o pessoal alarmado, carros abandonados e vandalizados, camiões incendiados, pedrada a torto e a direito, facadas e navalhadas, mortos.

Os piquetes de greve foram reis e senhores, fizeram o que lhes deu na real gana. Começaram com razão e acabaram sem ela. Num total desrespeito pelo direito de quem não quer fazer greve, que resultou em perseguições, agressões e ameaças nas barbas da polícia e das câmaras de televisão. Nas trombas de toda a gente! Na minha cara.

Será possível toda esta ilegalidade e ficar tudo impune? E se não houvesse acordo por estes dias, como seria?

Não vale a pena entrar em pânicos e alarmismos, não é sensato, mas as bestas que nos governam abriram a boca? Só ouvi ontem. Continuaria a impunidade? A moleza do Estado? Os camelos da assembleia, continuariam a brincar às escondidas connosco? Eu não vi firmeza, não vi preocupação, não vi solidez nem vigor. Ainda me falam que o povo se demite da política? Cambada de anormais. Gentinha triste e incapaz. Só vi trampa à minha volta. E o gajo que dá passas nos aviões? Disse o quê? É que eu não ouvi nada!

Mentira. Ele até é querido. Ontem à tarde disse que sentiu a vulnerabilidade do país. É querido não é? Um tipo que sente assim e até confessa. Não é fofo? Desta vez não pediu foi desculpa. Vulnerável é uma palavra amorosa de se dizer, fofinha, meiguinha. Um apetite. Cuchi, cuchi!

E a chefa da oposição? A madame da cara simpática? Onde é que andou? A passear no East End londrino?

O pior, é que tudo isto não foi a abertura de um precedente, foi o próprio do precedente completamente escancarado e a gozar com a nossa cara de parvos. Já que o país está numa de festas de santos populares, que venham de lá todos e estejam à vontade, podem partir tudo que o Eng. deixa. Ah não que não deixa! Nem pia. Está mais preocupado com a carreira. Em três dias podem escavacar muita coisa e ninguém vos faz mal.

Entrai, entrai!

Taxistas, posicionem-se à porta dos liceus e irrompam pelas passadeiras, sabotem o taxímetro e vão praticar tiros de caçadeira para os bairros da droga; agricultores, incendeiem as culturas, de preferência com habitações no meio, matem o povo à fome e despejem a fruta podre em São Bento; professores, esbofeteiem a ministra, chumbem a chavalada quando tiverem vontade e queimem os dicionários do novo acordo ortográfico; médicos, cometam erros fatais, deixem o bisturi dentro do apendicite e não dêem horas extras à urgências; pescadores, enforquem as sardinhas, sodomizem os faroleiros e façam filhos nas pescadas e finalmente, dirigentes desportivos, dêem as mãos uns aos outros, juntem-se às vitimas inocentes do apito, sigam todos para a Suíça, arrombem os vossos cofres, mas vão a penantes pelos Alpes e a cantar todos juntos, Edelweiss, Edelweiss, como a Maria e os meninos dela! Fiquem à vontade. É tudo vosso.

O pessoal ‘tá é preocupado com os golos do Ronaldo e se o futuro do Scolari, conhecido tão abruptamente, não irá transtornar emocionalmente as princesas bailarinas da nossa selecção.

Às vezes gostava de ter nascido acéfala, libelinha ou girassol.

29 comentários:

LeniB disse...

mas agora que já falaste, falaste bem: será que a liberdade de uns começa quando espezinham a dos outros? é que aqueles camelos dos camionistas fizeram tudo menos greve...podem lá ter as suas razões, até aí tudo mais ou menos...não podem é, jamais, impedir os outros de trabalhar. tanto a greve como o trabalho é um direito que nos assiste...
já agora...prefiro ser borboleta...é que a libelinha me faz lembrar a cabresta da melga que me atazanou a mona esta madrugada!!!

Patti disse...

Lena:
Primeiras!!!!!!!!!!

Pitanga Doce disse...

Ó Patti, estás na TPM? Agora até me deu medo!

Mas sim, senhora: Assim se pára um país! E o Governo a assistir de camarote. Ou seria atrás da cortina? Lamentável. Até caminhão incendiado. Isto é terrorismo.
Depois o patrão "vira-lhe os ovos" põe todo mundo na rua e fica tudo a clamar pelos seus "direitos". Isto assim vai mal.

CLAUDIA disse...

Aqui por Espanha está igual ou pior...e continua!!!
Já queimaram 5 camioes, há 1 morto e 1 ferido grave!!!VERGONHOSO!

Como adoro o sol, prefiro o Girassol.
bjos e bom fim de semana

de dentro pra fora.... disse...

Só mesmo ao ponta-pé e á estalada! a esses senhores todos, mesmo assim seria muito pouco..Dsss...

Olá!! disse...

Ai mulher que agora apeteceu-me dizer um daqueles palavrões do norte, mas fico-me pelo "carago"...

Só quero ver a atitude deste povo, quando chegarem as eleições....

Beijossssssssss

1/4 de Fada disse...

Podes recolher assinaturas, Patti, que eu serei a primeira das libelinhas.

F@ disse...

Patti libelinha é bonito... não sei nada nem liguei a TV... de cabeça enfiada na areia eu mesmo assim ainda vi o que não quis... nem adianta falar que o ser humano já sabe o que isso é... tenho pena, porque é trista...
Bem me queria parecer que eras tu que tinhas imagens de esculturas de papel... nem sei porquê, mas ontem teimei e acabei por encontrar os sites dos artistas e ainda mtas outras esculturas que vou publicando... de qualquer das formas mto obrigado por me enviares as imagens.
beijinhos das nuvens

Borboleta disse...

Bem, e depois deste teu post...que mais há para dizer?...

Estás lá! Concordo plenamente!!!

quanto à escolha...das três preferia a libelinha, mas acho que será melhor seres tu mesma, pois parece-me que és linda assim!

Um bater de asas

miguelpontocom disse...

Uma coisa podes ter a certeza.
Para conseguires algo neste país ou noutro tens de lutar.

Infelizmente, nada resulta com pedidos de audiências, abaixo assinados e outras medidas mais «civilizadas».

È preciso fazer guerrilha.

Os professores, fazem greve, ainda esta semana, fizeram.
Sairam em caravana aos milhares pela baixa Pombalina.

O que conseguiram? Nada.

Louvo-os pela tentativa e iniciativa.

Garanto-te que ao desfilarem se tivessem partido tudo o que encontrassem pelo caminho, incendiado, etc, tinham como os camionistas conseguido o pretendido para eles.

Voltamos ás antigas conquistas.

Patti disse...

Miguel:
Completamente contra aos desrespeito pela liberdade do outro, mesmo para alcançar a minha.
Lutar para obter não é cometer crimes e ficar impune.
Existem leis e autoridades. Não parece mas há!
Isto ainda não é uma anarquia.
Guerrilhas?? Não gosto de chacinas e Portugal ainda não é o médio oriente, nem África nem a América do Sul.

E volto ao início, lutar não é PARTIR tudo e seguir em frente.
Rebaldarias não!
Completamente em desacordo contigo.
Opiniões. Maneiras de ser e fazer.

Ka disse...

Patty

Concordo mas ao mesmo tempo acho que o Miguel tem razão. Fazendo tudo calmamente passa desapercebidoe as pessoas preferem falar de futebol. (E olha que eu gosto de futebol)
Não sei o que se passa com este país mas o nosso problema é emsmo cultural. Ninguém está para ter muito trabalho a reclamar nem a exigir explicações. As pessoas nem sequer percebem que têm obrigação ( e não direito) de pedir contas a quem lá põem a governar...por outro lado quem governa não é responsabilizado o que significa que podem fazer o que bem qerem e bem lhes apetece pois nunca serão pessoalmente responsabilizados.
Agora imagina se fossem como a coisa mudaria de perspectiva não é?

Beijosss

Rocket disse...

eis o futebol a cumprir o seu papel de forma impecável...
...deixa estar, o que entra em cena em seguida será bem pior, o ódio adormecido nas multidões...

só faltou pedires aos governantes para trabalharem pior...

Patti disse...

Ka:
Exigir é uma coisa. Passar por cima dos direitos dos outros, é outra completamente diferente.
Começaram bem, a lutar pelo que tinham direito, acabaram pessimamente, na maior das badernas e selvajarias. Nas barbas da polícia!!!! E não lhes acontece nada?
Não gosto de selvagens.
Se não há alternativas nesta terra saia-se dela.

Gi disse...

Bem tu não insultes os acéfalos, libelinhas e girassóis, ouviste?

Cris de Bourbon disse...

Nossa, Patti, a situação por aí anda assim? Meu Deus!

E se fores virar alguma coisa, vire um Girassol. Lindo e radiante. E ainda tem perfume.

beijooooo

MirMorena disse...

Patti

Vejo que agora a Europa sabe na carne o que o Brasil passa a anos e mais anos...
E o futuro não é diferente do presente, nem ai e muito menos aqui...

Não sou pessimista, muito pelo contrário, mas a minha realidade de tantos anos não deixa eu ver as coisas diferentes, pq cada vez é pior, infelismente...

Sabe do que mais?...vamos fazer a nossa parte, como achamos certo...

E que Deus nos ajude....

Bjuss de carinho

Patti disse...

Mir:
O problema é que nem todos fazem a parte que lhes compete. E como quem dá os exemplos, falha redondamente .....

paulofski disse...

E eu é que tou com a mosca, hehehe...

Tens muita razão, e todos temos as nossas razões para barafustar, reclamar, embirrar, lutar, espernear,...

Não nos devemos é acomodar.

Patti disse...

Paulinho:
Foi o teu moscardo, que voou lá do teu gabinete práqui.

Vizinhaça:
'Tou de partida para Santarém e só edito os vosso comments lá para a madrugada.
Festarola; vou p'rá festa equestre com os marialvas.
Bons santos e muitos manjericos.

olgapereira disse...

Estava-me já a saltar a tampa com tanta inércia...
E porque é que o governo esticou tanto a corda se já sabia que era aquilo que ia dar ?
Foram mesmo até ao limite para quê ?
Já está na calha a dos táxis e a dos agricultores.
Para mim o pior de tudo é que não vejo grandes alternativas !!!
Bons passeios de cavalinho...

KNOPPIX disse...

As pessoas em Portugal preocupam-se com o trivial e esquecem aquilo que lhes afecta as vidas, o futebol sempre foi e será a boia de salvação para os politicos irem passando pela nossa vida como turistas acidentais...

Enquanto houver futebol, ninguém se lembra da crise e assim vai este nosso Portugal...

Vim espreitar e prometo voltar mais vezes, pode ser?

Beijocas e bom fim de semana :)

PDuarte disse...

Grande post.
Se eu fosse libelinha (Deus me livre), não tinha o privilégio de comentar os teus escritos.
Não tirando mérito a outros posts, este foi o que me deu mais gozo ler.

Pjsoueu disse...

Patti:
Tu és bem mais linda que libelinha ou girassol.
O teu voar na vida é certamente mais elegante, dócil e mais sedutor que simples amarelo do girassol.O arco íris do teu sentir é mais abrangente e verdadeiro.

Um beijo do Compadre pj::):))))))

Filoxera disse...

Belo post, cheio de razão!
Um beijo.

BlueVelvet disse...

Bom post!
Eu já falei do Euro, como sabes.
Não tão acaloradamente, mas é que já me vai faltando a vontade, ate para reclamar.
Veludinhos azuis

Patti disse...

Pitanga:
Antes tivesse, sempre era um motivo mais lógico.

Cláudia:
Mas aí a 'coisa' tem motivos mais complexos. E os espanhóis não são bananas como nós.

De dentro:
Dasssss...

Olá:
Oh rapariga, tu não te acanhes, depois põe é um tradutor que às vezes vocês têm palavras que nós, mouros n entendemos.

Fada:
às vezes dá mesmo vontade.

F@:
De vez em quando tb tens de sair das nuvens. Depois mando as figuras.

Borboleta:
As libelinhas são espertas, põem-se à fresca.

Rocket:
Às vezes penso que temos a crise que merecemos!

Gi:
Lol, é verdade, tadinhos!


Chris:
Pois é, não é só no Brasil.

Olga:
O caminho está aberto para a rebaldaria.

Knoppix:
Vem sempre que quiseres.

pD:
As libelinhas tb arranjam maneira de comunicar, doutra forma, mas arranjam.
A mim deu-me pena, gozo dava-me era de ler isto na assembleia.

Filoxera:
sabes que cada vez menos a razão vale alguma coisa.

Blue:
É verdade, infelizmente.


PJ:
Olha que elegante é que este post não foi.

Su disse...

Cá para mim, já te devias ter candidatado! Tens o meu voto mulher(!), alias, eu sempre digo q a coisa nunca irá a lado nenhum, enquanto aquilo continuar a ser uma irmandade de legumes preocupados apenas com os seus bancos, ups desculpa, poleiros! Ah sim, tb ando farta dessa gente toda, fdp dum raio, depois ainda tem a lata de estar sempre com aquele sorriso besta, n há ninguém q ponha ordem nesse circo, nem o Cavaco aparece! Haja pachorra!
Por aqui o cenário piora, com a especulação do preço do petróleo, esta gente se estava mal n sei onde vai parar, o salário mínimo anda por volta dos 50,00€, e os preços sempre a subir... depois p ajudar a festa, temos um brutal número de refugiados a entrarem desesperados pelo pais a dentro, sem emprego e sem comida, estamos perante uma onda de assaltos q há mto n tínhamos… enfim, tempos loucos, gente louca!
Olha, estava eu a pensar nisto que te escrevo, qd ao mesmo tempo dou por mim a ouvir, num programa do NG, que se gastaram milhões de euros num mega projecto de engenharia, no pavilhão de natação dos jogos olímpicos, meus deuses, q obra fenomenal, meio mundo a morrer á fome, outro meio a roubar e a esbanjar sem vergonha na cara, há qualquer coisa de muito errado na humanidade!
Olha, vai-te a eles! Acho q está mesmo a chegar a hora das mulheres “normais”, começarem a terem um lado mais activo nesta sociedade de gente egocêntrica! E se for preciso dá um murro na mesa, pq infelizmente, as vezes temos que ouvir um berro para acordar.
Beijos.

Patti disse...

Su:
Pois é isso mesmo. Tu melhor que ninguém deves conhecer a injustiça, a impunidade e o encher os bolsos dos que vêm, ouvem e calam.
Repúblicas de bananas.