quarta-feira, 11 de junho de 2008

a primavera na minha vida

foto minha

Há já uns dias, desde que o sol voltou, que ela fica ali parada a arrancar as rosas que saltam do muro da casa, desejosas de espreitar para a rua. Encosta a bengala ao muro e puxa-as, uma a uma. Com algum esforço. Uma branca, uma amarela e a encarnada. Junta-as todas na palma da mão, cheira e começa a sorrir. E eu também. Depois guarda-as.

Sabe que noutro dia tirei fotografias a estas roseiras? Oh menina, são tão lindas não são? Gosto que me chamem de menina. Pois são. Também gosto de ver as flores a espevitar na Primavera. Eu tenho passado por aqui e levo alguns botões. Sabe, é para me alegrar o dia.

Claro que sei. Também gosto que me alegrem o meu.

Ela ainda lá está, quando volto com a Beatriz* da escola.

Oh mãe, olha aquela velhinha a arrancar as ‘tuas’ rosas. Que querida mãe, está a rir-se para elas! E fala-lhes! Olha, agora guardou-as no saco! Os velhinhos são tão queridos mãe, não são? Ah, claro que são! Tu ‘tás sempre a dizer que adoras velhinhos. Velhos, Beatriz. Eu digo velhos. Já sabes. Não é velho de gasto, mas de vida cheia. Sei mãe, sei. Dizes-me sempre isso. Eu também gosto deles. Riem-se para mim. Mas gosto mais de dizer velhinhos e aquela é mesmo gira.

Há dias, em que respiramos de alívio. Quando num breve instante percebemos, que é nos ínfimos pormenores que a Vida não é em vão. E que alguma coisa de nós irá cá ficar.

Nos outros.

Nos filhos.


* trouxe prémio; 2º lugar.

25 comentários:

de dentro pra fora.... disse...

Antes que esqueça...Parabens á Beatriz, muito bem , o orgulho da mamã anda em alta :))

Este texto fez me lembrar uma musica que gosto de cantar...
"Fica sempre um pouco de perfume, nas mãos que oferecem rosas,nas mãos que sabem ser generosas"
Até consigo sentir-lhes o cheiro, das mãos...

Patti disse...

De dentro...:
Bem verdade, esse perfume.
E agora a cheirar bem, vou dormir que hoje foi cansativo, mas bom!

claudia disse...

Eu estou como a Beatriz...prefiro dizer " velhinhos ", essas pessoas cheias de sabedoria; muitos estarao "chocados" com o comportamento da sociedade hoje em dia.
Patti, que bom poderes partilhar o gosto das flores com essa " velhinha " e que bom a tua filha sentir esse carinho por eles.
bjos

♥♫♪@nn@♫♪♥ disse...

bm dia patti
e parabens claro ;)

Gi disse...

São rosas, Patti, são rosas!:)
Parabéns à Bea!
Viva a Primavera, viva o Verão :)

Comendadora Gi de prémio tuga ao peito

claudia disse...

Ah, e PARABÉNS á Beatriz que pelo que entendi trouxe prémio!!! quero um e-mail a explicar bem tudo!!!

Nina disse...

eu que nao conhecia diferença de estaçoes, já que no Amazonas só tem duas, quente ou muito quente, me encanto com a primavera. Amo o cheiro de flor pelo caminho, tudo colorido, cheiroso. adoro andar pelas ruas e olhar os jardin dos vizinhos, as varandinhas floridas, enfim...adoro Patti.

Olá!! disse...

Parabénsssssssssssss Beatriz, para o ano ficas em primas, boa????

Os velhos podem ser fantásticos, ou não... mas temos de os respeitar mesmo quando não são.

Beijosssssssssssssss

Borboleta disse...

Já antigamente se dizia que "os novos são o reflexo dos antigos"...

Estes são daqueles valores que ficam!!!

É de louvar tanto a mãe que ensina como a filha que aprende e demonstra!

Um bater de asas

BlueVelvet disse...

Eu não digo velhos, digo velhinhos, mas o resultado é o mesmo.
O importante é que os respeitemos pela sua sabedoria e experiência, que os amparemos e amemos, no matter what.
E pensar que há filhos que abandonam os pais velhinhos, porque são um estorvo.
Que bom que ensinas isso à Beatriz e que bom que ela apreendeu!
Parabéns pelo belo 2º lugar.
Boa semana para as duas.
Beijinhos e veludinhos

paulofski disse...

"Meu filho, levai algumas, estão tão bonitas".
Minha mãe, claro que levo e com muito gosto.

Parabéns Beatriz. Parabéns Patti e continua a cultivar as tuas rosas.

miguelpontocom disse...

Deves andar apaixonada.

Coragem disse...

Parabéns à Beatriz, pelo maravilhoso 2º lugar, imagino a alegria da menina e Mãe da menina :)))))


Pois velhos ou velhinhos.Não devia, mas ainda consigo sentir ternura por muitos.

Levam-te as rosas, mas deixam-te o sorriso, vale mais que tudo.
E o que os filhos nos colocam no rosto...nem se fala :))))))


Beijo

Rocket disse...

depois desta pode ser que um dia envelheça...

LeniB disse...

Parabéns sobrinha linda.... a tia adora-te!
Os velhos existem e ainda bem...têm sp muito para ensinar...
bjs para a Bia

Pitanga Doce disse...

Ai os velhinhos! Sabes que aqui há um programa infantil (dos bons) chamado Castelo Ra-tim-bum? Dá na TV Cultura e quando os personagens vão contar alguma história às crianças, uma voz imponente diz: "Seeenta que lá vem a história". Meus filhos viram, Julinha vê e quem dera muitas mais crianças vissem ao invés das Rebeldes!Hic!

Então: "Seeenta que lá vem a história"

Uma vez, indo de carro para a aldeia, parei numa rua deserta aonde nem havia passadeira, para uma senhora (bem senhora) atravessar. Era dia de feira e ela tinha um saco com laranjas. Eu parei e ela muuuito devagar atravessou e chegou a minha janela e perguntou: "a menina dá-me boleia"?
-Sim, aonde a senhora vive?
-Logo ali abaixo à Catraia, a menina conhece?
-Sim, entre aí que eu a levo.

Não era para aquele lado que eu ia mas deixa lá. Estás a acompanhar a "novela"?

Durante o caminho ela não parou de falar e perguntou quem eu era (sabes que nas aldeias a gente não é a gente) Somos a filha do fulano, a mulher do beltrano, ou a mãe do menino que tem um cabelo assim pro comprido.
Eu disse que não era dali mas tinha família e disse qual. Ela, que deveria ter perto dos seus noventa anos me disse que era filha da Tia Noêmia e se eu conheci a mãe dela? Entendeste? Quando ela saiu do meu carro o saco de laranjas rebentou e eu tinha laranjas espalhadas por baixo dos bancos e lá fiquei eu na Catraia com o rabo pra cima a procura das laranjas de velhinha.

Quando eu a deixei à porta de casa e fui embora tive que parar o carro pois não parava de rir. Mas ganhei o dia. Tudo correu tão bem, depois!! Coisas, não?

Agora "levaaanta que acabou a história" e o teu espaço de comentários também. ehehe
Desculpa lá. E amanhã há festa na árvore.Estão todos convidados


Parabéns a linda Beatriz!

Su disse...

gostei de ler.t

gostei de todo esse sentir

jocas maradas

f@ disse...

Que seja sempre primavera... como sentes e sempre assim como está no teu olhar... parabéns à Bea e sempre mtos sucessos em tudo às duas beijinhos das nuvens

Fatima disse...

Antes de mais parabéns à Beatriz!

A velhinha....os velhinhos.... quantas vezes a viver na mais profunda das solidões, precisam apenas de um sorriso para sentirem que não estão sós.
As rosas podem muito bem ser uma companhia precisa. Que assim seja! E se elas são o bastante para alegrar o dia, que então seja Primavera todos os dias, e que desse canteiro brotem rosas de todas as cores, todos os dias.....

Sunshine disse...

Parabéns às duas pelo 2º prémio e, não menos importante, pelo carinho que ficou demonstrado que sentem pela vida.
Beijinhos

Ka disse...

Parabéns à Beatriz :)

O teu post está delicioso e quase vi tudo através das tuas palavras :)
Quando penso nos velhos, penso que são injustamente postos de lado, opiniões desprezadas por toda a gente e têm tanto para nos ensinar...principalmente a apreciar pequenos momentos de prazer como o que nos acabaste de contar :)

beijinhos floridos para as 3 :P

Su disse...

A foto esta muito bonita!
O texto mais que fenomenal, a Primavera faz destas coisas a algumas almas mais atentas!
Ah sim!Parabéns á Beatriz e á sua mamãe, que sei que de certo modo, tem a sua parte de mérito no prémio recebido...
De resto vou ter que admitir, to of, nem sei por onde me virar com tanto trabalho, dias de mudança, nemte conto, ando doida, chego a casa e desligo simplesmente...
E sim, percebi a imagem que me dedicas-te no post anterior, o que me deixa mto contente, pq afinal tenho andado mto longe da internet, e apesar de, n te esqueces de mim!
Ès uma kiduxa...
A ver se este fds ganho coragem e escrevo qq coisa no Oxigenio!
:)
Brigadaaa pelo mimo.
Besos!

D.Antónia Ferreirinha disse...

Parabéns à Beatriz por pensar dessa maneira em relação aos idosos, parabéns também a ela por ter arrecadado o 2º prémio, e parabéns à mãe dela por a ter educado assim.
Beijinho.

Patti disse...

Su 2:
Não te preocupes. Volta à tua vida com calma.

mariam disse...

parabéns às duas! belíssimo testemunho....
... e graças a Deus revejo-me nele!

um sorriso :)