segunda-feira, 2 de junho de 2008

exemplos de vida sob a forma de poesia

Esta égua é a Rima, lembram-se das fotos "Do lado de cá da lente", da Rima com a filha bebé?
Pois é! Com ela a Sara ganhou a 1ª medalha do Campeonato Nacional.


Este é o Neapolitano Murella, o cavalo que lhe foi oferecido e com quem ela compete actualmente


Sara Duarte, nasceu em Lisboa em 1984 portadora de paralisia cerebral, com 72% de incapacidade física.

Começou a praticar equitação (hipoterapia), aos 7 anos de idade, por indicação médica e até hoje Sara não dá espaço para a que a sua diferença lhe ensombre a jovialidade própria da juventude.

Chegou à Academia Equestre João Cardiga em 1999, onde se iniciou na prática da Equitação Adaptada, uma das valências da equitação Terapêutica a que esta instituição se dedica.

Os seus desembaraço e carácter determinado, levou o seu treinador a apostar na sua formação como cavaleira, levando-a até à competição.

Uma verdadeira equipa começou a movimentar-se em torno desta corajosa atleta, no sentido de a ajudar a vencer as dificuldades que iam surgindo.

Era preciso encontrar um cavalo com características para a competição. Este surgiu após o apelo, num programa de televisão, dirigido aos criadores. O Prof. Artur Machado, criador de cavalos da raça Lippizaner (da Escola de Viena De Áustria), ouviu o pedido e respondeu, oferecendo à Sara o Neapolitano Murella, um cavalo digno de uma cinderela.

Com ele começou a sonhar mais alto e com a preciosa ajuda dos treinadores, que lhe preparam o cavalo dia, após dia, mês após mês, ano após ano, foram surgindo alguns títulos.

Actualmente, é cavaleira federada e detentora de vários títulos, dos quais destaco: Medalha de Ouro no Internacional de Madrid, 4 vezes campeã nacional e vencedora de várias Taças de Portugal.

Em 2007, no campeonato do mundo compete ao lado de 24 países e consegue os mínimos para se classificar para os Jogos Paralímpicos.

Este ano, na Holanda, consegue um honroso 4º lugar e melhora todas as marcas do mundial.

Mas seria possível a presença da Sara nos jogos de Pequim?

A resposta/surpresa surgiu na Páscoa com a notícia, vinda da FPDD-Federação de Desporto Para Deficientes, informando que Portugal tinha obtido um Wild Card para a disciplina de Equitação. Era um sonho?

Considerada uma das figuras do hipismo nacional, Sara Duarte constitui uma “bandeira de esperança” para o Ensino Adaptado em Portugal uma vez que, com as suas características, é a única cavaleira a representar Portugal em competições internacionais.

Para além da sua vida de cavaleira, a Sara é estudante do 2º ano do curso de Ciências Farmacêuticas, na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa. Conduz o seu próprio automóvel, tem namorado e é um prazer conhecê-la!

Lurdes Cardiga

A Sara vai concorrer aos Jogos Olímpicos de Pequim.

Alguém sabe quem é a Sara Duarte?

Não?

E não acham estranho?

E a Nereida, sabem quem é?


Eu este ano, também vou ter a bandeira de Portugal à janela, mas não é pela selecção dos milionários do futebol.

Com os treinadores e amigos, João e João Pedro Cardiga
(o JP é o professor da Beatriz)



Medalha de Ouro em Madrid

24 comentários:

Patti disse...

E é este o país que temos...

BlueVelvet disse...

Não sabia, de facto.
É como dizes: este é o País que temos...
Haja muitos como tu, para pelo menos irmos sabendo.
E que o exemplo da Sara nos sirva para não nos queixarmos por coisas sem importância.
Boa semana e beijinhos e veludinhos

Sonia H. disse...

Patti,
Primeiramente devo dizer que eu amei o template do teu blog - singelo e lindo ao mesmo tempo.
Fiquei comovida com a história de Sarah. Quanta superação. Ela é uma verdadeira campeã e estarei torcendo por ela em pequin.
Parabéns pelo ótimo blog!

Pitanga Doce disse...

Aqui nunca ouvimos falar nesta tal de Nereida e acho até que é brasileira (ó raios!)e que "trabalha" em Espanha. Vi uma foto muuito singela no programa da Fátima. Espero que um dia dêem o mesmo tempo de antena para a Sara Duarte.

beijos em final de domingo

PS: Aqui já estreou Sexy and the City

claudia disse...

Sinceramente nao a conhecia, mas aqui fica a minha admiraçao e os meus Parabéns a essa promessa portuguesa.
bjos

Gi disse...

Há quem saiba quem ela é, sim senhora e tenha visto reportagens sobre ela!

Quanto à Nereida até se sabe, mas os atributos dela não se comparam com os atributos da Sara, não é? Os da 1ª são de longe bem mais interessantes!

♥♫♪@nn@♫♪♥ disse...

parabens patti
se entendi bem ganhou e ganhou bem
quanto ao pais
não comento
para não ser mazinha
logo de manhã ;)

Olá!! disse...

Há tempos vi uma reportagem sobre o tema (hipoterapia), não sei se era a Sara, sinceramente, não me lembro, mas fiquei encantada com o interacção animal/pessoa.
Boa sorte SARA :)))
Beijossssss

Coragem disse...

Pois é, infelizmente, a equitação não move milhões, nem a Sara, tem perfil para audiências, mas deveria.

Patti, parabéns uma vez mais por este post, trouxeste até nós uma realidade, desconhecida. Obrigada.

Bjs

1/4 de Fada disse...

Já tinha lido algumas coisas sobre a hipoterapia - com cavalos e com burros - não sei se é exactamente a mesma coisa. A história que tu contas é das que nos servem de exemplo de vida e tens toda a razão em pôr a bandeira à janela por uma causa destas!
Boa semana.

LeniB disse...

parece-me que os portugueses continuam a preferir um analgésico chamado futebol, a ter conhecimento destas actividades verdadeiramente nobres.
Quando a Mafalda andava na equitação, ficava maravilhada a ver crianças com esse e outros problemas a dominarem o cavalo, seguros de si, senhores do tempo...
bjs

Ka disse...

Olá Patti,

Sabes que eu há uns meses vi uma reportagem sobre ela e mal abri este post identifiquei logo (penso que a reportagem era sobre a hipoterapia). Mas de facto passa ao lado da generalidade das pessoas e inclusivé estas noticias que aqui nos contas eram-me completamente desconhecidas.

Obrigada por nos informares, desta forma ela já ganhou mais alguns admiradores :)

Beijos e boa semana

Pitanga Doce disse...

A respeito do que disseste lá em casa. O Oceano que nos separa é o mesmo que nos une. O gosto pela vida!

miguelpontocom disse...

Namora com quem?

MirMorena disse...

E ainda reclamamos da nossa vida....

Feliz semana

Bjuss de carinho

Luís Galego disse...

acho muito estranho que não se saiba quem é a Sara e envergonho-me por isso...ainda bem que este blog existe...

paulofski disse...

A diferença não deve ser uma barreira para a ambição, a conquista e o sucesso.
Com determinação e coragem podem-se combater a ignorância e indiferença desta sociedade.
Magnífico. Parabéns pelo post Patti.

alfabeta disse...

A Nereide não é a égua que anda agora com o Cristiano?


Pois!

bjs

Rocket disse...

muito bem!

JOAO MARIA disse...

comovente, esta historia. grande merito, motivo de grande orgulho
patti obrigado por nos mostrar
bjs grandes dos jooes

de dentro pra fora.... disse...

Nâo sei o que te diga...
mas que não tem comparação , lá isso não...
Se um é conhecida por futilidades a outra será conhecida pela lição de vida que tem para nos dar...
Grande senhora, sem dúvida...
Espero que volte de medalha ao peito, com certeza que o merece..

gasolina disse...

Bem hajas!

Isto sim é verdadeira poesia!

Tu és muito bonita, Patti, muito.

Deixo um beijo, extensível à Sara com desejos na continuação do bom caminho.

JOAO MARIA disse...

Já mudei para o clube da Sara.Fantastico,comovente,encorajador,tudo muito bonito.
patti obrigado por seres assim
que grande amiga a Sara tem.

SONY disse...

Ainda bem que há gente assim, que se disponibilizam a criar condições para que estas pessoas como nós como a Sara possam viver em harmonia e mostrar-nos o que há de belo na vida!

Harmonia!

não só as que ajudam, no local mas as que divulgam estes grandes feitos!

Sem dúvida que a SARA é uma vencedora!

Vivam as SARAS e viva todos aqueles que ajudam a conhecer as que andam escondidas!

* Quanto à tal Nereida, e se te disser que eu não sei nada nem nunca me interessou dela? Procuro algo mais da vida!
Harmonia, paz, tranquilidade, natureza, mar, realidade!
Não perco tempo nem dinheiro com revistas "cor de rosa" que nada me ensinam, não teem valor são futeis!

Agora a SARA já a conheço, e aprendo com ela!

Beijo,
Sony