sexta-feira, 10 de outubro de 2008

inícios

Devia-se parar de crescer pelos quarenta, suster o envelhecer, principalmente se já formos felizes nessa altura. Dei conta que não é possível, pois já passou quase um ano e também eu continuei a envelhecer.

Dois ou três anos antes dos meus quarenta chegarem, fiz um acordo comigo mesma e por isso não fui surpreendida por eles. Até já estava informada, que ia alterar e deitar fora certas partes de mim e começar a seleccionar e optar com calma, por outras novas, a fim de acartar com mais bagagem para os anos seguintes. Foi um trato tão sério, como aquele que fiz quando deixei de fumar, há mais de um ano.
Os acordos que fazemos connosco, deviam ser sempre os mais verdadeiros, pois está em jogo a nossa própria vida. Que é só uma. Mas são sempre aqueles que falhamos primeiro.
2008, um ano que até nem começou nada bem logo nos primeiros dias, acabou por se revelar positivo e inesperado. Começo a acreditar que 2009 vai ser ainda melhor. Damos muitas voltas no carrossel e nunca as desfrutamos como se fossem a última. Aprendemos pouco.
Provavelmente, hoje à tarde, vai ser o início da segunda parte da minha vida. Uma outra fase, só isso. Se calhar com pouca importância para vocês, mas com toda para mim. Acho que vou crescer.
.
.
E quando, ou se tudo se concretizar, eu conto aqui, um dia.

40 comentários:

salvoconduto disse...

Espero estar aqui nesse dia. Break a leg!

Patti disse...

Salvo:
É só provavelmente, mas vamos lá a ver.
Obrigada e quase sempre o primeiro.

BlueVelvet disse...

Hoje é o 1º dia do resto da tua vida?
Pois, suerte guapa!
Que seja, se assim o desejas, e felicidades.
Já quanto a fazer quarenta anos, eu odiei.
Mas isso sou eu, claro.
Beijinhos

Ps: Gira a tua lateral. Vi a tua "saudade".Também tenho lá a minha:(

SONY disse...

Patti,

quanto aos quarenta deixarmos de crescer, eu não concordo, penso que devemos crescer sempre durante toda a nossa vida e quando deixar de acontecer, penso que não é bom sinal!

Por vezes deixamos o que acordamos entre nós, para cumprirmos acordos com os que nos rodeiam, deixamos para traz algo importante.

Quanto ao teu deixar de fumar, Parabéns!

E quanto ao que desejas para 2009, que seja tudo como desejas!

Espero estar aqui também se um dia contares...até lá, vive muito, ri muito, sonha e conquista muito.

Jito,

sony

Patti disse...

Blue:
Eu também não gsotei muito de fazer 40, daí a ter tomado decisões.

Sony:
Eu não disse que queria deixar de crescer aos 40. Disse que me ficava por ali, se pudesse. Sempre com 40 anos. Falei em crescer, no sentido de envelhecer.
Crescer, crescemos na cabeça e não no corpo, independentemente da idade.

SONY disse...

Patti,

talvez porque ainda não cheguei lá, mas para lá caminho e talvez nessa altura te compreenda e talvez quando as rugas me começarem a aparecer, talvez também o deseje como tu.

Mas por agora tenho uma maneira de pensar secalhar diferente, o individuo é feito de etapas, e para ser completo e ter uma vida completa, penso que faz parte da mesma envelhecer, mesmo fisicamente, mas faz parte também aceitarmos cada ruga, cada traço, cada incapacidade que o tempo nos traga, faz tudo parte , aceitarmo-nos e desfrutar de cada momento da vida, aos 20, 30, 40, 50 e por aí fora!
E também deveria fazer parte os OUTROS aceitarem-nos, talvez aí essa parte falhe infelizmente!
Para mim um recem nascido, uma criança, um jovem, um adulto, e um idoso têm todos uma beleza caracteristica.

Agora por vezes o facto do tempo passar, e deixarmos de viver dignamente como deveriamos, devido ao factor idade?!!
Aí é outro assunto...mas penso que a beleza estará sempre lá...temos que ter olhos para a descobrir por dentro e por fora também.

E desejo-te que não envelheças!!
Que fiques sempre como melhor te sentires!

Jito,
Sony

João Videira Santos disse...

Passar dos "intas" aos "entas" é...para sempre.

Não se preocupe, importante é que seja feliz!

Pitanga Doce disse...

Pois eu AMEI fazer os quarenta. Tanto, que os faço todos os anos. hehehehehehheheheheh

Quanto a tua vida, o que é importante pra ti, é também para os teus amigos. Vamos lá, garota! E se tiveres que aparecer na SIC diz que és minha amiga, tá bem?

beijinhos, Patti

Gi disse...

Oh rapariga tu não me cresças assim tanto que tens que arranjar mais uma assoalhada e pôr a cama do lado de fora, milhere!
Olha que lá porque gostas do Outono, está frio, pá!

Pronto, lá vou eu andar toda torcidinha ... por ti e de curiosidade, claro!

Fatima disse...

Patti bom dia.
Mal está o ser humano quando deixa de crescer. Todos os dias temos novos desafios e se não crescemos, deixamos de ser capazes de dar resposta.
Espero ansiosa por saber desse teu novo desafio.
Desejo do fundo do coração que tudo te corra a contento.
Beijos

Vekiki disse...

Bom Dia PATTI!

Eu gostei de fazer 40. Não me senti deprimida por isso e os 1ºs anos dos 40 foram fantásticos. Este ano não me correu tão bem, ainda ando um bocadinho indecisa, mas as coisas hão-de se compôr :-).
Estou curiosa por essa etapa tua que se inicia hoje...mas não vou roer as unhas, vou esperar calmamente por notícias que tu hás-de dar quando achares que o deves fazer.
Beijos!

pedro oliveira disse...

Bem, acho que fiquei com vontade de fazer quarenta(já só faltam 3).
Tudo de bom para ti Patti.Ficamos à espera dessas novidades fantásticas.

Patti disse...

Sony:
O que tu dizes é tudo muito certo, mas o meu post e as minhas palavras não têm a ver com isso. Eu referir que quero ficar nos 40 anos, não me impede de viver todas as idades como elas merecem, logo eu uma optimista por natureza.
Muito pelo contrário, este é um post positivo, onde a idade me dá sabedoria e sobretudo serenidade, ao ponto de eu saber hoje, muito melhor o que pretendo e tomar, inclusive, importantes decisões que implicarão com o meu futuro e dos meus e para assim viver muito melhor todas as idades que aí vêm.
Este é um post de renovação e não de negação.


João:
É exactamente disso que falo, ser feliz em qualquer idade. Mas lutar por isso o quanto antes.

Pitanga:
Quando se passa dos 30 para os 40, é normal que não se deite foguetes.

Gi:
Obrigada por me torceres. Eu também te torço toda.

Fatima:
Obrigada pelos votos de boa sorte. Também para ti.

Vera:
Os meus também são fantásticos e nem falei em depressões, é palavra qeu desconheço em mim, felizmente. Esta é um post de renovação e optimismo, não tem nada de negação.
Não roas as unhas , que isso é que é coisa que não vale mesmo a pena. Um dia, talvez conte.

Pedro:
Alguém me entendeu, finalmente. É mesmo bom começar a entender para onde queremos levar a vida. Chama-se maturidade.
Obrigada pelas palavras.

liamaral disse...

Aqui, a torcer por ti!
:) Beijinho e bom fim de semana!

Tretoso Mor disse...

Patti,

Fico aqui a torcer por ti.

Tretices grandes para ti

Rita disse...

Crescer crescer não digo, porque isso acho que pára lá para os 20 mas envelhecer ou amadurecer (que parece-me mais bonito apesar de poder terminar num "cair de madura") é bom, tendo em conta que quando paramos de o fazer é mau sinal...
Quanto ao início de nova vida esero que comeces com o pé direito ou com os dois, como preferires.
Jokas

ines disse...

Uma mudança é sempre positiva, seja aos 40 ou aos 50! O dia lindo que está vai ajudar, seja no que fôr!

Bom fim de semana

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Patti:Aos 40 fiz uma mudança radical na minha vida e, digo-lhe, foi a melhor coisa que me aconteceu, porque tive uma década fantástica em termos pessoais e profissionais. Desejo-lhe, do fundo do coração, que os seus 40 representem, igualmente, um salto qualitativo na sua vida ( MAS NÃO NOS DEIXE SEM ARES, PLEASE!!!!)
Fico curiosíssimo ( ou não fosse Escorpião, né?)
Pelo que li no seu post de hoje, tem tudo para dar certo, porque percebeu uma coisa fundamental na forma como deve ser levada a vida.
Tudo de bom!

de dentro pra fora.... disse...

Daqui de cima dos meus 40, sinto-me como sempre ..como uma miúda, nem que seja por dentro embora tudo o que fui "recolhendo" para o meu livro(vida) não me pese nada , pelo contrario,acho que não tenho nada para deitar fora, guardo tudo, bom e mau,tudo são lições...espero continuar aprender muito, mas muito mais.
Quanto a ti e ás tuas escolhas, espero que esta "parte da tua vida" seja de longe a melhor escolha, sei que será..."quem sabe , sabe" e prontos mais não digo ..tudo de bom!

paulofski disse...

Já cando a quarentar faz dois anitos e digo que é muito bom quando se tem a noção do que poderemos fazer e até onde queremos ir. As etápas da vida ultrapassam-se gradualmente, sem pressas e apreciando as voltas com espírito aberto. Olhar para trás faz bem mas devemos prosseguir com os obejtivos bem defenidos e ao nosso alcance. Espero que alcanses os teus.

Beijinhos

Luísa disse...

A pior parte do envelhecimento não está em nós, Patti, porque o nosso espírito é pouco sensível à idade (mesmo se, quase sempre, melhora com ela). A pior parte são os outros, que só vêem o nosso corpo e nos fazem sentir que deixámos de ser raparigas («meninas») e já somos senhoras. Mas não é uma experiência desagradável no seu todo. E temos os nossos amigos que nos acompanham nela. Eu também gostei de fazer quarenta e, para prolongar o prazer, decidi que, a partir dessa data, deixava de fazer anos e só fazia décadas. Estou, portanto, pairando no tempo… ;-)

Suzana lux disse...

Mais uma vez de muitas outras que fico coladinha a ler o que escreve, apesar de ainda me faltarem alguns para os 40, que virão num pestanejar, dou muito valor a cada volta do carrocel, foi quando comecei a dar valor k percebi que sou Feliz, não tenho receio dos que aí vêm tenho receio dos que não vou poder ter, e por isso cada volta é vivida como uma vitoria.
E é um facto, para quê ter a bagagem atafulhada se podemos trocar o que tem dentro?
Devemos sim olhar pelos, e para os k nos rodeiam, mas sendo nós os primeiros da nossa lista, vamos conseguir ver muito melhor os k AMAMOS...

Beijinho e desejos de que atinja com sucesso os objectivos para a segunda parte da sua VIDA.
;0)))))))))))))))))))))))))))

Cecília disse...

Os 40 são uma etapa que antecipadamente marcamos como que a diferença entre uma garrafa meio cheia ou uma garrafa meio vazia. Quando chegaram, senti-me como no dia anterior, e o seu peso desapareceu para dar lugar ao disfrute de algumas coisas a que passei a achar ter direito.
Por isso reflicto mais, pondero com mais pormenor, sinto coisas com mais sabor e, se for preciso, até a lagrimita ao canto do olho me salta com mais ímpeto.
Há algo que me sensibiliza particularmente e que me tem "partido" toda: a "Beatriz" da minha vida, que já vai para os 17, e para quem olho com o orgulho desmedido de mãe babada, quase adulta e tão ainda a minha menina...
Há lá renovação melhor do que esta??

P.S. - As mudanças são sempre positivas quando, com humildade, reconhecemos o que temos ainda para aprender, o que não seu caso, não é, definitivamente um problema....tudo de bom!

Pitanga Doce disse...

Patti, viste o que disse a Luisa? Foi isso que eu quis dizer. Depois que se faz os quarenta...continua-se a fazê-los.

beijinhos de quem tem quarenta e todos.

Luis Eme disse...

acho que crescemos mais do que mudamos...

Laura disse...

Cheguei aqui pela mão da Gasolina.
Já não é a 1ª vez que pela sua mão eu descubro sítios fantásticos.
Gostei muito e vou voltar.
Talvez possas "aparecer" pelo meu canto...

Filoxera disse...

Vejo que, para já, começáste por refazer a barra lateral, como eu também fiz com a do EQ.
A tua está óptima.

Quanto ao que te está para acontecer, espero que aconteça realmente, já que pareces ter fé que seja algo não só de novo, mas também de bom.
Fico a torcer por ti.
Beijos.

Narrador disse...

É por isso que Amo a vida...Não saber nada de nada amanhã...É a imprevisibilidade das coisas do futuro que nos cativam...Amanhã posso estar num sítio longe daqui...Amanhã posso ser o que eu quiser...E quanto à última volta do carrossel, poderia dizer tanto...mas não...Prefiro sentar-me num daqueles cavalos e abrir os braço e gozá-la...

Adorei o post.

Agradeço a partilha!!

Patti disse...

Lia:
Obrigada. Já são duas que me torcem. Tu e a Gi.

Tretoso:
Obrigada também e agora já são 3 que me torcem. Isto vai correr bem, de certeza!

Rita:
Obrigada e vou começar com os pés, mãos, cabeça e sobretudo coração.

Inês:
Depende das mudanças. Mas esta vai ser de certeza absoluta, obrigada. E o dia? Bestial!

Carlos:
Eu também quero ter un 40 assim e tenho pelo menos dez anos apra lutar por isso. E o salto é qualitativo mesmo, adivinhou-o tal qual. E não, não se preocupe que os Ares mantêm-se. E depois como é que eu respirava sem o meu Ar? Obrigada pelo incentivo.

De dentro:
É po aí mesmo. Nós sentimo-nos como se ainda tivessemos 25, não é?
Obrigada pela sorte.

Paulo:
A minha forma de viver a vida é renová-la nas suas várias vertentes. Sou inquieta. Defino objectivos, mas também gosto de deixar margem para o imprevisto. Alguma coisa vou alcançar e obrigada.

Luísa:
Tal e qual. Nós não nos revemos na idade que temos, porque nos sentimos com a outra que sentimos ter. Daí, muitas vezes a dificuldade de enfrentarmos as mudanças, os ciclos, as passagens ...
Não quero isso para mim. Mas, às vezes também pairo e é tão bom!
Obrigada pela visita e volte sempre.

Susana Lux:
Isso mesmo, cuidado de nós, fazemos seguramente um melhor papel com os outros. Obrigada pelas palavras de incentivo.

Cecília:
Eu mudei um pouco. Não gsotei muito do nº 40. Tinha chegado ao meio da vida, talvez. E então, optimista e positiva como sou, optei por dar a volta exigir o que me faltava. Mais tempo, mais atenção, mais calma, mais reflexão, mais desfrute, mais gozo, mais liberdade, mais saúde, mais amor. Aprender mais, conhecer e no fundo viver a sério.
Obrigada pelas suas palavras sempre sentidas.

Pitanga:
E é isso mesmo, sua Pitanga enxuta. Eu quando for grande também vou ser assim!

Luís:
Talvez. Mas mudar pode ser muito bom e se for acompanhado com um bom crescer, melhor ainda. 'Tá como o vinho com o queijo.

Laura:
A grande Gasolina..então vens de bons lados. Tentarei apssar no teu blog. Obrigada pela simpatia.

Filoxera:
Também gostei da barra lateral, já tinha as fotos há muito, mas o tempo ...mas ainda está incompleta.
Vai acontecer sim, mais tarde ou mais cedo. Hoje foi o começo. Obrigada por torceres, já és a quarta a torcer-me.

Narrador:
O imprevisto, o bom claro, é uma das conquistas dos 40 anos. Quanto ao carrossel, todas as voltas deviam ser vividas como a se fossem a última.
Eu é que agradeço.

Paulo disse...

Crescer doi sempre, mas só assim se fica com pernas fortes para poder saltar..

so, good luck and don't look back (gosto tanto desta expressão)

Luis Estacio disse...

Olá patti
Como querer parar uma máquina que não tem corda para nós tomarmos conta?

Já passam 7 dos 40 e sou muito feliz. Os nossos olhos ganham filtros novos, os nossos sentidos ficam mais apurados, a nossa alma mais tranquila, mas também fico co mais medo do final.
Aprecio mais e gozo todos os minutos dos meus dias, com a familia, amigos, há coisas que já não ligo e outras que passei a ligar.
"Faz o que podes e Deus te ajudará" diz a minha mãe, e resulta. Mas a tua parte faz com toda a entrega e dedicação. Como dizia o Chico Buarque......" como se fosse a última.

http://luisestacio.blogs.sapo.pt

Sónia Pessoa disse...

Patti, se estás feliz... eu estou feliz. Espero pelas novidades e afinal é sempre bom crescer...
beijinhos

Cátia disse...

Ola Patti,

Não sei muito bem como vim aqui ter, vim atraves de blogs amigos. Mas a verdade é que rapidamente a reconheci... Não se assuste, não sou nenhuma amiga ou conhecida perdida por aqui. Mas a fotografia de uma grande senhora que tem aqui na barra no seu blog faz-me lembrar que frequentamos /frequentavamos um outro sitio especial, enfim, temos um pronome pelo meio.

Li alguns posts abaixo e gostei do que encontrei, da diversao, da sinceridade, da sensibilidade. Quanto ao que refere aqui... Espero que tudo lhe corra bem.

Voltarei certamente mais vezes.
Beijinhos e... Encontrar-nos-emos na primavera ;)

mariam disse...

Patti,
adorei este post!
aparte o fumar, (parabéns p'lo impor da tua vontade), revejo-me de alguma maneira, nele.

estou aqui à uns minutos, tudo muito bom, a tua escrita é sensível e fluida, sorry a falta de "comparência" mas não consigo (tempo)... como consegues tudo isto??!

bom fim-de-semana

um grande sorriso :)

mariam

JC disse...

Quanto ao envelhecer é muito relativo,acho que há pessoas novas com espirito de velhas evelhas com espírito jovial. Eu que também tenhomais de quarenta não me sinto nada velho. A velhice somos nós que a fazemos ou não.
Quanto à surpresa, fico à espera.

1/4 de Fada disse...

Nem sempre o que está no nosso BI corresponde ao que se passa realmente connosco. Quando eu fiz 40 anos, sentia-me muito mais velha do que agora, que tenho 49. Espero que esta nova fase da tua vida traga tudo oque tu desejas - acredita que isto não é uma frase feita, Patti. Beijinhos.

Rosa dos Ventos disse...

À medida que envelhecemos vamos deitando muita coisa fora...
Precisamos de caminhar mais leves! :-))

Abraço

Patti disse...

Paulo:
Não tem necessariamente de fazer doer, mas claro qeu nos fortalece. Obrigada pela luck.

Luís:
Bem vindo ao Ares.
A vantagem do evoluir do tempo é o saber aproveitá-lo mais. Muitos só se lembra disso, mais perto do fim. Obrigada pela visita.

Sónia:
Obrigada e já temos data de lançamento certa?

Cátia:
Sou fã dela, desde o primeiro livro e tenho todos. Sinto saudades daquele pronome, mas sei que vai voltar. Assim como tu, bem vinda ao Ares e até á Primavera.

Mariam:
Como consigo o quê? Tempo?
Qt à tua falta de comparência, não te preocupes, há vida além disto e eu bem sei disso e afinal quando voltas, regressas sempre em bem.

JC:
O envelhecer para mim, não é relativo. Envelhece-se e pronto. É preciso, se possível porque não somos donos de nada, saber fazê-lo.

Fada:
Há coisas que são incontornáveis, apesar de criarmos muitas teorias e a idade a avançar é uma delas. É necessário desfrutá-la da melhor forma que encontarmos, para assim ter sempre valor. Obrigada pelas palvaras qeu sei não serem 'feitas'.

Rosa dos Ventos:
Reciclar, reutilizar e renovar.

claudia disse...

A vida pode mudar a qualquer idade, antes dos 40, depois dos 40...seja a que idade for, desejo que continues a ser FELIZ.

LeniB disse...

Estou realmente a perder alguma coisa de muito importante...estou mesmo!!