sexta-feira, 30 de maio de 2008

Não tenho nada para vestir II


Eu queria comprar um fato de treino novo. Daqueles bem justinhos, em algodão-veludo-turco-lycra-macio. De uma cor pura, baça, pálida, quase neutra. Como o branco cru, o cinzento lingerie, o azul noite, o beije maricas, o preto ou o amarelo pintainho. Dos que são cingidos à cintura, que nos contornam. De calças justas que só alargam em baixo.

Eu queria um fato de treino como o das Donas de Casa Desesperadas. Silencioso.

E não encontro.

Já fui à Nike, ao Corte Inglês, à Av. da Liberdade e à feira de Carcavelos. E todos me dizem o mesmo, já não temos. Vieram e foram logo vendidos. Eu queria um fato de treino macio, a condizer com a minha t-shirt preta de algodão. BCBG; Bon chic, bon genre. Não preciso de comprar os ténis. Tenho muitos. Azuis, cor-de-rosa, beijes, cinzentos e brancos. Mas noutro dia vi uns lindos numa senhora.

Pretos. Baços. Eram grossos. Baixos. Sem marca visível. E não brilhavam quando ela andava. Mas piscaram para mim. E eu para eles. Também queria uns daqueles. Mais um fato de treino em algodão-veludo-turco-lycra-macio.

Mas não encontro.

E agora como é que eu faço? Quando for no domingo de manhã, para o paredão do Monte Estoril, ouvir o meu iPod?

Sem nada para vestir?

24 comentários:

Patti disse...

Pitanga:
Agora vamos lá a ver se aparece alguém do espaço que me localize. Talvez um E.T. super-herói!

de dentro pra fora.... disse...

Estou a ficar com pena :(
uma miuda gira sem ter o que vestir..não há uma alminha caridosa que te faça a vontade!?
oferecia-te um dos meus, mas acho que o tamanho não é bem o mesmo...

BlueVelvet disse...

Ah, isto é mais a minha praia.
Olha tenho uns ténis desses que falas.
Só por dizer que comprei no Rio.
Não, não foi no Zêzere.
Foi no de Janeiro.
Um dia destes cruzamo-nos no paredão...será que me reconheces pelos ténis e eu a ti pelo fato de treino?
As duas muito bcbg.
Tomara que pare de chover.
Beijinhos e veludinhos azuis

claudia disse...

Isto promete!!! Cada dia mais " refinada " ahahaha

bjos

f@ disse...

Algodão turco lycra macia veludo cetim seda lã de cabrinha sei lá o que é melhor... olha lindita o que eu estpo a pensar comprar é um sobre tudo... e sobre nada... ou seja uma gabardinhe que dê para usar assim... sabes.... como é que heide explicar... quem anda à chuva molha-se
beijinhos das nuvens

Cris de Bourbon disse...

Que relato chique de uma busca a um mimo...

Patti, já percebi que adoras ler. Me dê algumas dicas interessantes de livros.

beijoooo

LeniB disse...

Estou a ficar preocupada contigo...
Já foste aos chineses??? Ah!, poissss...
As titis cá da terra compram muita coisa "giríssima" nos chinocas!!!

Rocket disse...

anda com um magneto hiperpotente, aquilo que precisas vai-se-te colando ao corpo antes de chegares ao paredão... eu costumo ir lá é assaltar o povo...bora? começas no tamariz e chegas tda bem VASTIDA à praia da rata...

já tenho uma colecção de pulovers aos quadradinhos...

Pitanga Doce disse...

Olha, agora já não dava pra te localizar e os astronautas diriam aquela frase famosa: "Houston, temos um problema"!

O que importa não é a cor do fato de treino (e aqui vai um veneno)o que importa é o que vai dentro dele. Se fazes parar os trolhas da obra da Lenib, vai em frente.heheheheh

Quanto ao fato de treino "silencioso" das Donas de Casa Desesperadas, o fato tem que ser silencioso porque elas já fazem um barulho do caraças. Esta, então, que aparece na imagem faz barulho e muito mais. O jardineiro, o piscineiro e padeiro, que o digam. ahahahahhahaha

Ó Patti, o paredão do Estoril deve parecer com o Paraíso lá de casa.

beijos e às segundas há uma feira em Espinho muita boa! Tudo original importado "diretamente da Tailândia". hehehe

Patti disse...

Pitanguinha:
Adeus, vou beber a minha caipirinha no paredão e fazer-te um brinde, oh portuguesa-brasileira.
E no meu i-pod toca Bossa Nova....

Olá!! disse...

Adoro ténis, mas não tenho nenhuns pretos. Tive em tempos, da nike e quase não se via o logotipo, por acaso tenho saudades desses...
Fatos de treino não faz o meu estilo mesmo, nem para dar caminhadas, prefiro umas calças confortáveis ;)))
Andei a ver o meu roupeiro e acho que para a estação estou bem servida, talvez um fato de banho novo hahaha
Beijosssssss e bom fds

Coragem disse...

Este sim, faz bem o meu genero, suponho, não sei bem ainda porquê, fazer o teu também...

Espero que tenhas sorte, não faço ideia onde o encontrares, mas vou contar um segredo, nas feiras encomtram-se coisas girissimas, muito de vez em quando.

Este da imagem, amei.

Bjs

Gi disse...

Faz como o rei ... vai nua!

Patti disse...

Coragem:
Então não viste nos dois posts a referência à feira de Carcavelos?
Feiras é comigo, já sabes!

Pitanga Doce disse...

Patti, a Rosa é uma personagem que já foi vista em outros posts e os visitantes mais antigos a conhecem. Agora, de repente, ela voltou. Espero que seja para ficar. Me faz imensa companhia.

Ai, a Rosa!

Patti disse...

Pitanga:
Então 'bora aí. Nós e a Rosa.

PDuarte disse...

Deu-te agora para o estilo poesia light, mas com pinta.
Gostei.
Continua.

Patti disse...

pD:
Poesia? Eu?
Sou incapaz. Tenho pena, mas não consigo. Nem light (seja lá o que isso for).
Não consigo ver certas coisas que um poeta sabe ver.
Só as vejo na prosa.

PDuarte disse...

Prosa poética ...pronto.
Os verdadeiros poetas são aqueles que o são sem saber.

Patti disse...

pD:
Na 2ª-feira, eu explico-me melhor na poesia. Mas em prosa.

paulofski disse...

Olha, se não encontras o que desejas manda fazer. Haverá alguma modista que tire bem as medidas e saiba de corta e cose.

Bom fds.

Patti disse...

paulofski:
Simpático.

miguelpontocom disse...

Desculpas para não ir correr?

alfabeta disse...

Sem nada vestido fazias sucesso, lol