domingo, 20 de abril de 2008

[12] há coisas fantásticas, não há?




Fico sempre aterrorizada quando vejo à solta estas raças perigosas.

10 comentários:

Blue Velvet disse...

Eu também fico...:)))
Sobretudo se estiverem ensinados, preparados e treinados para matar, à custa de muita fome e muitos maus tratos.
Como sempre, na base de todo o mal está o Homem.
Veludinhos azuis e bom domingo

claudia disse...

Que fofinho...

LeniB disse...

As raças perigosas muitas vezes devem-se a outras ainda mais perigosas...

Pitanga Doce disse...

Este pintinho faz o tipo "fraco e abusado". hehe

1/4 de Fada disse...

As aparências iludem muito. Quando era pequena morria de medo até dos cães mais pequenos; perdi completamente o medo graças a um "grand danois" enorme e todo preto, esse sim, de meter medo a sério, que era a maior doçura que se pode imaginar!
Os cães são muito o que os donos fazem deles...

Paulo Tomás Neves disse...

o pinto é uma raça perigosa, muito perigosa, especialmente se se passear pelos lados de campanhã e se o cão se chamar benfica (aquela bicadinha entre os olhos do canídeo revela muito treino e pontaria)
:-)

Coragem disse...

Patti, vamos ser francos, isto chamo de excepção à regra, qualquer cão independentemente da raça, reagiria de uma outra forma, face ao pintainho.
Não me orgulho nada do que fui forçada a fazer com um rottweiler, que sempre foi mimado, apaparicado, mas desde os seus miseros 2 meses, mostrou a sua raça...
Hoje talvez me arrependa não lhe ter dado umas boas palmadas, não o fiz, mais tarde fui forçada a recorrer ao abate.
O menino não se conseguia controlar nem por nada, tanto me lambia, como rosnava, portanto patti, as raças são apuradas para serem mm perigosas, não é garanto apenas um problema dos donos que teem
Beijinho

Patti disse...

Coragem:
Eu acho que é um bocadinho de tudo.
Raças mais arredias,, donos criminosos e sem alma e outros factores sem explicação.

Já vi leões que voltam à vida selvagem mas que ficam dóceis toda a vida, nunca deixando de ser animais selvagens e já vi hamsters felpudinhos e frágeis em loucas fúrias.

Mas este pintainho é um desenvergonhado de um provocador.
P'rá panela com ele.

gasolina disse...

Para além da doçura que é o video, há que se entender que os amigos de 4 patas são efectivamente aquilo que os donos são e mais nada.
E falo pela experiência.

Quanto ao danado do pinto melhor cautela...

Um beijo grande

Olá!! disse...

Desculpa lá Patti, mas desde quando pintainho dá arroz de cabidela???:)))
Há cães com maus instintos e há gente com instintos medonhos...
O meu cão é um pachola, acredito que se visse esse pintainho a única coisa que quereria fazer era brincar com ele, assim como fazia com o esquilo que tive que era uma autentica cobrinha... raio de bicho que levou dois pontapés no back à segunda que me mordeu...
:))))
Sou absolutamente contra o que estão a tentar fazer com determinadas raças...
Beijossss