quinta-feira, 17 de abril de 2008

só com um oceano pelo meio


Fui ao Brasil dois anos seguidos. Sempre lá quis ir. Já sabia que ia gostar. Mas enganei-me. Não gostei. AMEI.

Uma intuição verdadeiramente estranha para uma pessoa que não gosta do calor, que não é fã da praia, nem de frutas exóticas. Mas que adora ‘gentes’ com caipirinhas. Quisemos começar pelo começo. Bahia. Da primeira vez a capital, Salvador e da segunda, Arraial D’Ajuda . Não me perguntem o que é que o Cabral viu ali. Vão lá conferir.


E as moquecas de camarão? E o dendê? E o acarajé? E a tapioca com doce de leite? E o cacau? E o vatapá? E as mil ladeiras? E o pelô? E a água de côco? E a casquinha de siri? E os balangandãs? E o pôr-daquele-sol? E o oxum? E o olodum? E os búzios? E a mãe de santo? E as praias desertas? E as tartarugas do Projecto Tamar? E o mar que ali, é verde? E os voluntários contra a pobreza? E os escravos? E nós, os portugueses? E a miséria? E as tempestades tropicais? E a chuva morna? E a felicidade? E o axê? E a alegria? E os olhares de esperança? E os sorrisos? E as crianças? E as baianas? E a simpatia, a música, o berimbau? E o Jorge, o Amado? E a Ivetinha? E aquele povo lindo de cor negro-ouro?

Sobrevoamos um oceano para outro continente, mas afinal chegamos a um país que é a nossa casa. A única diferença é que a língua que ali se fala, tem açúcar.

Centenas de fotografias, memórias, sons, cheiros, caras, paisagens, risos e gargalhadas, banhos de mar quente, bugigangas feitas de sementes pelos índios, o anoitecer ao calor com a lua a espreitar, muito cedo.

A deslumbrante Praia do Espelho, aqui. O restaurante mais espectacular, mais encantador, mais envolvente, o melhor do mundo, integrado no meio da mata verde. Só para nós.


"Brásilêro num tém dinhêro pr’á vim áqui’. Eu quero um ‘suco’ de tangerina, por favor. Tangerina num tém, máis dáqui a déiz minutinho vái tê, vou só nu mercadinho!" Não é maravilhoso?

Vou voltar um dia, para conhecer Ilhéus, Itacaré, Fernando Noronha, Pantanal, Amazónia e só no fim o Rio, para passear nas livrarias do Leblon, beber água de côco no calçadão, jantar no rodízio, comer pastel de queijo no boteco da esquina, andar no bondinho e ouvir chorinho ao sábado pela manhã.


Claro que todo este passeio no Rio vai ser com a Pitanga, porque este post foi uma promessa que lhe fiz.


P.S. O post de amanhã, sexta-feira, vai ser uma experiência, vou tentar fazê-lo em conjunto com a 'vizinhança'. Apareçam.


22 comentários:

Blue Velvet disse...

Nós temos mesmo muita coisa em comum: andámos no mesmo colégio, gostamos de uma porção de mesmas coisas, e agora só faltava amares o Brasil, teres gostado tanto de tudo o que descreves na Bahia e teres combinado com a Pitanga encontrá-la lá.
Eu tumbém.
Eu, só para ficares imbezoza, conheço o Brasil todinho, excepto, Amazónia, Pantanal e o Sul, para os lados de Sta. Catarina.
Mas eu não amo o Brasil.
Eu, é Paixão braba, mesmo.
Veludinhos azuis

Gi disse...

Esse SÓ faz muita diferença, pelo menos para mim, que sou toda tropical :(

claudia disse...

...Eu tb quero ir...

bjos

Meire disse...

Simplesmente maravilhoso este post..
Voce me empresta para postar no Meiroca um dias destes?

Patti disse...

Meire:

Claro que empresto! Pode levar.
Que bom que gostou.

(Então não é que o meu post do Brasil vai para o Brasil primeiro que eu!
Tu vê lá, post, tu porta-te com maneiras, não me deixes ficar mal!)

Meire disse...

rs...ele vem para a Italia antes de ir para o Brasil...rs
Obrigada..
Beijos

Patti disse...

Meire:

Eu sei. Ir para o Brasil foi uma força de expressão, porque vai ser lido por muitos brasileiros.
Tome bem conta dele.

Ev@ disse...

Que SAUDADES!!! Da praia do espelho, daquela viagem atribulada de jipe a Trancoso, das gentes, do calor, do resort de Arrail d'Ajuda. O Brasil é a minha cara, calor, sambinha, animação, gente sempre cantando. ADORO.
Espero voltar muitas outras vezes.

Anónimo disse...

Então e aquela bela discoteca em plena praia em Porto Seguro com chuveiros nos cantos da pista ?

A ouvir o grande famoso .....

Lembrem-me do nome.


D.

Patti disse...

Ah pois foi. Hahahaha. O grande MC Péle!

Ev@ disse...

Não me consigo lembrar do nome da praia. A não ser que a galera dançava ao som de Axê do MC Péle, num frenesim louco e de vez em quando caia uma água na gente para refrescar.Foi um almoço diferente, no 1º andar da esplanada, comendo churrasquinho e onde os empregados tinham nome de frutos tropicais.

Coragem disse...

Fez-nos um relato tão apetecido do Brasil, que quase viajei consigo, eu disse quase, porque a vontade ficou...Talvez um dia.
Beijinho

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Fernando Noronha tem sido para mim "um sonho por cumprir". Por duas vezes estive para ir e, problemas de última hora, impediram-me de concretizar a viagem.
Claro que gosto da Bahia, mas mais a sul é que me sinto bem no Brasil. Sem maldade ( e que as inúmeras leitoras brasileiras deste blog me perdoem...) mas penso que é por estar mais próximo da Argentina. Ou talvez porque a minha primeira ida ao Brasil foi a Florianópolis, " a long time ago!" Como diria o Malato " já fui tão feliz em Florianópolis!"

Patti disse...

Carlos:
Então regresse. Devemos voltar sempre aos locais onde fomos felizes.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Patti:
Agradeço a sugestão, mas ouvi dizer que nunca devemos voltar aos lugares onde fomos felizes. Claro que não acredito, caso contrário não regressaria todos os anos à Argentina, onde não me canso de ser feliz. De Ushuaia a La Quiaca (na fronteira com a Bolívia) só tenho boas recordações.
Dentro de algumas semanas espero começar a contar tudo ( ou quase) num blog de viagens onde vou escrever sobre as minhas experiências de vida nos 93 países que já visitei.

Suelly Marquêz disse...

Boa tarde, Patty, estive com Georgia e fiquei sabendo que irá fazer uma experiencia, e isto tem muito haver comigo, acredito que pequenas atitudes que temos é que fazem grandes mudanças, mas vou dar um dedo de prosa com voce , como falam os mineiros,
adorei voce dizer sobre os seus passeios cá no BRASIL, conhecestes as prais, tudo de bom, mas da proxima vez que cá estiver, visite MINAS GERAIS, ANOTE AÍ PRA NÃO DEIXAR DE VIR, TEMOS UMA ACONCHEGO ESPETACULAR, culinaria que voce vai adorar, e lindas apisagens , diferentes das tropicais, um ar de romance tradição amor no ar,
estou te esperando, deixo o cavalo arriado na fazenda pra gente fazer uma cavalgada na lua cheia,
beijos, e estarei amanha na blogagem ,
suelly marquêz
http://aniscomcanela.blogspot.com.
passe por lá
(SOU MAIS NOVA NESTA AREA DE BLOG, MAS A MEIRE, me presenteou E EU AGRADECIDA ME PUS A POSTAR, ELA É UM AMOR,
MINEIRICES- A MENINA É MINEIRA TAMBEM!!!!!!!!!)

paula g disse...

tambem eu amei o Brasil...que saudades!recife,maceió,olinda e rio de janeiro.tenho que voltar.

Pitanga Doce disse...

AI MEU DEUS! COM QUE CARA ENTRO AQUI? ONTEM FOI UM DIA DO CARAÇAS E FIQUEI A PLANEJAR PROVAS E NÃO VI O POST QUE DEIXASTE E ESTA GENTE QUE AMA O BRASIL "COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÃ" (COMO DIZIA O GAJO LÁ NA FÁTIMA LOPES). OLHA, PARA IRES NOS LUGARES QUE QUERES TENS QUE FICAR AQUI UNS MESES PORQUE FICA TUDO MUITO LONGE. ISTO AQUI ANDA-SE QUATROCENTOS KMS SEM SAIR DO MESMO ESTADO.

QUANTO AS LIVRARIAS DO LEBLON QUEM AS CONHECE BEM É O MANOEL CARLOS DAS NOVELAS DA GLOBO. JÁ DE BONDINHO E DE CHORINHO AOS SÁBADOS DE MANHÃ, EU ENTENDO. HEHE. E CHOPINHO NO CALÇADÃO E LINGUICINHA FRITA NO BAR DO LUIS E VER OS ASAS DELTAS DESCEREM DA PEDRA DA GÁVEA ATÉ O PEPINO...

PERDOA NÃO TER VINDO ANTES. NÃO FOI POR MAL.

BEIJOS E BONS SONHOS.

Patti disse...

Pitanga:
Estava a ver que não aparecias. Logo tu, que és sempre das primeiras a comentar, Hahahahahaha.
E eu aqui à tua espera para fazermos o jogging matinal no calcação.

nina disse...

Patti, vc é uma poetisa!!! que coisa linda. Fiquei até com saudade quando estive nos mesmos lugares que vc, ano passado e tive as mesmas sensacoes na Bahia. Que amor, que graça em escrever. Vc escreve perfeito!!! amei!

e olha, vai sim lá na minha terra, fica uns dias na floresta, a gente sai de lá cansada, mas renovada, o rio, os pássaros, o encanto do Amazonas te renovam. eu amo aquilo.
e no Rio de Janeiro, ahhhh vc vai adorar, é tudo de lindo!

Bjs na sua alma poeta

LeniB disse...

Fiquei ainda com mais vontade de visitar algumas regiões do Brasil.
Descreveste muito bem por onde passaste.

Tv for Blogs disse...

Coisa linda ver estas belas portuguesas falar assim bem do meu país ! Fiquei emoconada viu? Prometo que auando eu voltar para o Brasil venho aqui oferecer minha casa para férias, prometo !
Bjs